Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu;
mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.
[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome;
e quem crê em MIM nunca terá sede.
[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[037730]

abril 17, 2014


Sendo servos inúteis!!??

[027403]

Contexto bíblico Lucas 17:

"Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer".

Sempre que se expressa em nos sujeitar a servos inúteis, a maioria dos evangélicos aproveita para lançar alguma critica ou deboche afirmando que o servo inútil deve ser lançado nas trevas exteriores, na alusão de Mateus 25.

À compreensão, discernimento, entendemos nós, desigrejados, está em que, quando se faz servos de CRISTO, tão somente, seguimos a sã doutrina que foram transmitidas pelos apóstolos, pelo evangelho, anunciando a salvação na pessoa de nosso SENHOR e SALVADOR, numa vida piedosa, de auxilio aos pobres e necessitados, ajudando mutuamente, não por torpe ganância, de ânimo pronto, dando de graça o que de graça recebe [Mateus 10.8], sendo nossos costumes sem avareza, contentando com o que temos, "porque ELE disse: Não te deixarei, nem te desampararei" [Hebreus 13.5];

E para este fim, sem dúvida alguma, constrangidos pela exortação divina, nos fizemos em legitimidade à Palavra em servos inúteis, afinal, conscientes, fazemos somente o que deveríamos realizar, executar, num gesto de atenção.

Na contra mão, de forma geral, seguidores das religiões e os evangélicos tem vivido de forma esdrúxula e egocêntrica, e isto está diretamente relacionado com seus lideres, que acerbamente se sentem idealizadores e executores de funções bíblicas que extrapolam os ensinamentos para a Igreja de DEUS, e desta maneira, se sentem como servos merecedores de bênçãos, pelo néctar da bondade! (ENGANAM-SE ENGANANDO)

Mas, o que temos notado através dos tempos, é que generalizando, a maioria dos seguidores das religiões e evangélicos têm se firmado, como já foi dito em outras oportunidades, em servirem não à CRISTO e sim as instituições e aos lugares apelidados de 'igrejas' através de suas lideranças eclesiásticas, e porquanto, a estes que se dizem servos sim, lançai, pois, nas trevas exteriores; por que, são presos pelo emoção e não pela razão, pelo juízo em crer na Palavra de DEUS [contida na Bíblia]...

Sem rodeio algum, mesmo que as lideranças eclesiásticas assim procedem para obter a razão de seus rebanhos; temos que viver os textos bíblicos, aplicando em nossas atitudes o contexto da verdade, e para tanto não usarmos de pretextos a condenar a outrem por viver os ensinamentos de CRISTO quando requer que Seus servos fazem o que vos manda, e estes quando não vão além do que lhes requer são inúteis, porém, aos que se dizem servos e se acomodam, deixando (ou pagando, contribuindo, se fazendo de patrocinadores, financiadores, mantenedores) para seus lideres e suas instituições religiosas que façam, nos lembram a imagem que ilustra este texto, estão como asnos que não tem lucidez das próprias forças para realizar aquilo que DEUS ordena, para não endurecer o coração nem fechar a mão ao que for pobre!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


abril 10, 2014


E você, servindo à CRISTO ou ao lugar que chama de igreja??!!

[027308]

Contexto bíblico 2Coríntios 10:

"Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de DEUS, e levando cativo todo o entendimento à obediência de CRISTO".

A imprescindível e inesgotável Palavra de DEUS [contida na Bíblia], nos dá entendimento que a porta é estreita e há um caminho apertado [Mateus 7], numa busca incessante pela plenitude do ESPÍRITO SANTO no amor ao próximo, e porquanto, sendo nova criatura, em novidade de vida;

Por esta busca incessante, há sem dúvida alguma, pessoas que não necessitam de templos, não precisam de homens engravatados (ou fantasiados pelos trapos das estolas), pessoas estas que não se prostram diante de altares profanados em crendices, fantasias de egocêntricos que se acham tão melhores quanto o próprio CRIADOR, amantes das primeiras cadeiras [Mateus 23].

Pessoas (crentes) que negligenciam e reprovam aos púlpitos usados como palanques da soberba, das alucinadas lideranças eclesiásticas divulgando uma patética, surreal e bizarra cobertura espiritual sobre seus seguidores, verdadeiros tolos suicidas.

Estes crentes atingidos pelo entendimento e ensinados pelo ESPÍRITO SANTO [1João 2], têm se desvinculado de lugares religiosos apelidados de 'igrejas' e seus lideres; tornando-se desigrejados, buscam viver como os irmãos do primeiro século, da chamada Igreja primitiva, e para glória de DEUS, estão conseguindo, e para isto, a cada dia o SENHOR vem acrescentando almas salvas, para as quais, dão testemunho de uma restauração, do resgaste de CRISTO, e não são como as pessoas (evangélicos) alienadas na religiosidade em se apegarem aos lugares, a coisa inanimada chamada de 'templo' e de seus fundadores proprietários.

Os verdadeiros discípulos de CRISTO  são crentes que vivem a Igreja, por que não almejam pela Palavra de DEUS o ganhar, a prosperidade material, mas, amam e compartilham o que têm com o próximo, com os menos favorecidos e esta Igreja não é o que temos visto pelo vestígio religioso dos lugares apelidados de 'igrejas' arquitetados por homens amantes de si mesmos, que usam de piedade como forma de ganho; verdadeiros antros dos quais milhares e milhares têm colocado dia após dia a confiança, são mantenedores desta igreja instituição e seus fundadores.

Estes amantes de si mesmos tem feito este povo (como os evangélicos) de enganado, e enganando  se permite em ser feito rebanho de pastores, bispos, missionários, apóstolos, patriarcas, reverendos, padres, médiuns e por conseguinte, ouvintes destes pregadores que não os levam a servir a CRISTO, mas, a servirem às igrejas e as instituições religiosas!!

E por tudo o que é exposto, podemos afirmar, sem qualquer constrangimento, que este povo e os evangélicos têm servido às instituições e as chamadas 'igrejas' e não ao SENHOR, por que seguem cegamente aos seus lideres que tem por pregação a cura de doenças, necessidades materiais, poder e privilégios, problemas de casais, e outras mais que oferecem pela barganha, pela troca desenfreada em atribuições acerbadas, com dolo à Palavra e à Salvação;

Pela graça, os desigrejados anunciam a CRISTO, entendem em não trabalhar para DEUS, mas, se permitem em ser trabalhados por ELE!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.



.

abril 03, 2014


Anunciando igrejas e não a CRISTO!!

[027185]

Contexto bíblico Mateus 11.25:

"Naquele tempo, respondendo JESUS, disse: Graças te dou, ó PAI, SENHOR do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos."

E, contrários ao que expressa a graça do FILHO de DEUS, muitos têm buscado a cursos seculares teológicos e nas lideranças eclesiásticas, na preeminência de querer estudar DEUS, imaginando de forma fútil, sem interesse, superficial, numa atitude frívola que através destes ensinos conhecerão ao TODO-PODEROSO; ledo engano.

Uma contextualidade bíblica apresentada pelas lideranças eclesiásticas está em que, quanto menos o povo (frequentadores das igrejas) compreenderem, mais admirarão!

Desta maneira, o contexto de Mateus é explicito quando testifica que DEUS é quem escolhe aos que ELE vai se revelar.

Porquanto, como muitos buscam aos cursos e homens religiosos no ínterim de conhecerem e na expectação em servi-LO, alguns ensinamentos tem feito a maioria, quiça a totalidade, dos que frequentam a igreja instituição se desviarem do real propósito e anseio da congregação de DEUS, e assim, este contingente não vai ao lugar apelidado de 'igreja' por amor ao CRIADOR, para ter intimidade com DEUS ou para conhecer mais sobre DEUS, contudo, vão por interesses escusos, alheios aos fins da comunhão dos santos;

Interesses, fomentados pelas lideranças eclesiásticas em suas crendices, tais como busca na solução de problemas financeiros, doenças, procura de maridos, política em tempo de eleição, venda de CD's e DV's e livros, para cantar, dançar, participar de coreografias, por mero passatempo ou distração ou lazer apenas para não ficar em casa, e mais uma infinita lista de anseios materialistas, carnais e mundanos;

Desta maneira, como o diabo tendo tentado e oferecido ao próprio SENHOR no deserto [Mateus 4], todos os reinos e a glória destes, assim tem procedido nos lugares apelidados de 'igrejas', quando podemos averiguar (tristemente) com depoimentos da membresia agitando chaves de carros, casas, sucesso nos negócios, e por aí vai, a deificação dos dízimos e ofertas.

E o povão anuncia a igreja!!
E as falas igualitárias, vestígios da religiosidade: 
"na minha igreja
"a minha igreja é a"
"que alegria na igreja"
"os irmãos da igreja
"eu fui na igreja
"procura uma igreja
"na igreja o pastor decretou"...

Porém, não aceitando crendices e enterrando nos prazeres mundanos as chamadas 'igrejas' e seus lideres, há um povo que não se deixa enganar, se tornaram desigrejados sendo erga omnes (contra todos), professam e anunciam a CRISTO, ensinando o evangelho, que atingirá não somente aos crentes, mas a qualquer indivíduo, por que, está escrito:

"Como eu vivo, diz o SENHOR, que todo o joelho se dobrará a mim, e toda a língua confessará a DEUS" [Romanos 14].


Enfim, o dever de todos os membros do corpo, da imaculada Igreja de DEUS [Ekklēsia], é viver para CRISTO e anunciar a Sua Palavra por amor, e não para satisfação do ego como tem feito a maioria, generalizando, dos membros dos lugares apelidados de 'igrejas'.



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.