Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 12.set.2017, Amós 2

Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Israel e por quatro, não retirarei o castigo, porque vendem o justo por dinheiro e o necessitado por um par de sapatos.
[Joel 3.3; 2Reis 18.12; Amós 5.11-12]
Suspirando pelo pó da terra sobre a cabeça dos pobres, eles pervertem o caminho dos mansos; e um homem e seu pai entram à mesma moça, para profanarem o Meu santo nome.
[Amós 5.12; Isaías 10.2; Ezequiel 22.11; Miqueias 2.2]
E se deitam junto a qualquer altar sobre roupas empenhadas e na casa de seus deuses bebem o vinho dos que tinham multado.
[Amós 6.6; Êxodo 22.26-27; Deuteronômio 24.12-17; Juízes 9.27; Isaías 57.7]
Não obstante EU ter destruído o amorreu diante deles, a altura do qual era como a altura dos cedros, e cuja força era como a dos carvalhos; mas destruí o seu fruto por cima e as suas raízes por baixo.
[Malaquias 4.1; Números 13.32-33; 21.23-25; Jó 18.16; Gênesis 15.16]

[038035]

novembro 27, 2016


Milhares estão se afastando das igrejas instituições para chegarem a CRISTO!!!!

[034964]


Em primeiro, antes de dizer que estou blasfemando ou que sou desviado, antes de fazer esse tipo de julgamento, pesquise, estude, medite na Palavra de DEUS [contida na Bíblia]!

Em segundo, é necessário entender o que é o Antigo Testamento através da Antiga Aliança, e o que é o Novo Testamento pela Nova Aliança; é necessário compreender o que é o povo de DEUS na terra (Israel) e o que é o povo celestial de DEUS, a Igreja.

Em terceiro, aceitar que DEUS não habita em templos feito por mãos humanas [Atos 7Atos 17], e de fato nem em casas, por que, DEUS habita em pessoas [1Coríntios 3, 1Coríntios 6], e porquanto, a diferença é uma reunião para estudar as Escrituras e edificar a vida um do outro, e, uma reunião nos lugares onde tem uns espertos que recolhem dinheiro e se julgam o sacerdotes e ainda apelidam esses lugares de 'igrejas' e os chama de "casas de DEUS";

E, se ainda isto não for compreendido, haverá uma grande confusão a respeito no debate à Palavra de DEUS;  é arriscado se alimentar somente do que é ensinado nos templos religiosos através de homens!

Enquanto os desigrejados, somos hostilizados por anunciar o evangelho para salvação, mais certeza podemos ter de estar no caminho certo. CRISTO e Seus verdadeiros seguidores, foram hostilizados, perseguidos e mortos. Não foram aplaudidos!!

Os religiosos, lideranças eclesiásticas, em seus mimimis se descabelam, querem nos agredir... a única forma que eles tem de nos criticar é dizerem que estamos criticando a todos que estão nos templos, é a inverdade que usam por não terem argumento contra a verdade!!!

Os religiosos não se predispõem a mudar de opiniões e atitudes, mesmo que a verdade seja esfregada em suas caras; não sei quem seja pior, as lideranças eclesiásticas que manipulam e distorcem toda Bíblia ou seus seguidores que A têm nas mãos e não leem; somente existirão falsos profetas, por que existirá os trouxas que os sustentam, por que o certo é, de idiotice em idiotice, se faz um exército de ignorantes.

Tem pessoas que não frequentam nenhum templo, mas agradam a DEUS mais do que as que vivem socadas e sufocadas neles, pois quê, em cada denominação (igrejas instituições) há uma doutrina especifica, lembrando que nos dízimos todas são coesas, uma vez que, é perigoso viver sem ler e meditar na Palavra de DEUS, assim, desta forma, força as pessoas a acreditarem em tudo o que lhes dizem.

Muitos pastores insinuam que somente nos templos religiosos é que há comunhão, é local de conhecer outros irmãos, mas é bom lembrar que, nas reuniões nos lares, somos grupos pequenos de 10 a 15 pessoas, e, nos templos religiosos das igrejas instituições, chegam a ter até 10mil pessoas.

Diante isto, o que podemos questionar:

  • Em qual dos dois ambientes, é mais fácil construir relacionamentos em comunhão e até amizades?
  • Em qual dos dois, é mais fácil conhecer todos os irmãos?
  • Em qual dos dois, as pessoas estão realmente interessadas umas nas outras, e se conhecendo, chegar a se amar em CRISTO?
  • Nas reuniões nos lares, sem formalismo, todos podem falar; enquanto na muvuca religiosa nem se conhece quem está ao seu lado.

O certo é que nem sempre se está em comunhão por estar num templo religioso; nas reuniões nos lares, a pratica da comunhão é simples e verdadeira, e um outro ponto mais que cristalino, nas reuniões nos lares não precisamos de dinheiro para ser aceito e amado!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

novembro 18, 2016


Em CRISTO há liberdade.
Os fanfarrões religiosos criam prisões, laços, obstáculos, cadeias, cárceres!!

[034903]


Contexto bíblico Gálatas 5:

"Estai, pois, firmes na liberdade com que CRISTO nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão [João 8Romanos 61Pedro 2]".

Milhares de pessoas tem procurado aos templos das igrejas instituições, na necessidade(??!!) de se orientar apenas por uma ou outra liderança eclesiástica, assim como o faziam outrora, no sentido veterotestamentário, Antiga Aliança de DEUS com Israel, onde muitos vinham aos sacerdotes;

E diante esta procura, se fazendo por sacerdotes à antiga, as lideranças eclesiásticas tiram proveito e assim utilizam dos preceitos judaicos forjados juntamente com o evangelho, criando assim imposições, jugos, domínio, força repressiva, e na sujeição, aproveitam para fazer a confusão em efusão da junção entre as Antiga e Nova Alianças;

Esta junção, leva os adeptos cegos, leigos (intelectualizados) por completo na Palavra de DEUS [contida na Bíblia] mesmo tendo-a em mãos, em não compreenderem que, em o Antigo Testamente, através da Antiga Aliança de DEUS com Seu povo terreno, a Israel, não pode ser confundida com a Nova Aliança consumada por CRISTO na cruz, na simplicidade do evangelho, para salvação, que procede ao povo celestial [1Pedro 2], de DEUS e Sua Igreja.

Nos testifica a Palavra, que DEUS não habita em templos feitos por mãos de homens [Atos 7], porque o SENHOR habita nas pessoas por Seu ESPÍRITO SANTO [1Coríntios 3], e pessoas se reúnem em Igreja em qualquer lugar nos estudos da Palavra, para edificação do corpo de CRISTO, até chegarem à unidade da fé, ao conhecimento do FILHO de DEUS, a homem perfeito, à medida da estatura completa de CRISTO, para que não sejam meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam em fraudes [Efésios 4], produzindo frutos do ESPÍRITO [Gálatas 5; Efésios 5].

Mas... ahhhh, o tal do "mas"!!
Os religiosos fanfarrões, se fazendo sacerdotes em trajes eclesiásticos, constroem templos (chama-os de "casa" de DEUS, de igreja) para forjar o evangelho com a Antiga Aliança e recolher impostos em nome celestial, na negociata e barganha dizimista, roubando dos meninos na fé (intelectualizados) a liberdade que há em CRISTO, e lhes sujeitar à imposições de homens por seus sofismas (argumentos capciosos no intuito de enganar), em dogmas, em crendices, nas suas doutrinas e tradições [Colossenses 2], tentando apalpar a DEUS com muletas, manifestando obras da carne [Gálatas 5], e como Pedro, negam a CRISTO [Mateus 26] quando na hora das adversidades...

Por que, chegou o tempo em que não suportam a sã doutrina, e, tendo comichão nos ouvidos, amontoam para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; desviando os ouvidos da verdade, voltaram às fábulas [2Timóteo 4]!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

novembro 10, 2016


Cristianismo desigrejado??

[034837]

Aos desigrejados, é evidente que CRISTO JESUS veio ao mundo para salvar os pecadores [1Timóteo 1] e não fundar nenhuma religião, e muito menos a religião chamada de 'cristianismo'...

... este 'cristianismo' é a sistematização do evangelho, um sistema criado por homens, porta-luz da teologia.

Muitos leigos da Palavra de DEUS, apesar de serem letrados, estão se deixando levar pelos ensinos da teologia judaizante evangélica...

E o que significa teologia judaizante evangélica??
Significa que as lideranças eclesiásticas estão usando de normas e preceitos do Antigo Testamento para sistematizar o evangelho de CRISTO com fim de locupletar da fé alheia das membresias das igrejas instituições, chamando de 'cristianismo'.

Melhor dizendo, é em função do cristianismo que ouvimos lideranças religiosas dizendo da 'sistematização doutrinária do evangelho' usando estudos do Antigo Testamento, ou, criação e elaboração de doutrinas de homens reduzindo o evangelho de CRISTO a um mero sistema mesclando-o com "algumas" regras do Antigo Testamento, pois bem, é isso que a teologia faz, enganar pessoas por homens intelectualizados e mal intencionados, mesmo por que, conforme as lideranças religiosas nos deixam claro, é que a sistematização do evangelho pela teologia do Antigo Testamento levar-se-á:


  • sacerdotes do episcopado centralizadores de poder ainda no tempo da graça 
  • construção de prédios religiosos em detrimento à ajuda aos pobres e necessitados 
  • dízimos para manutenção de ambos 
  • adestramento da membresia 
  • enfim, todo tipo de crendices, enganos, sofismas, argumentos capciosos no intuito de enganar, apenas!!


Conclui-se pelo exposto, os lideres religiosos são mágicos (e os que lhes são submissos pelo cabresto) em suas denominações religiosas apelidadas de 'igrejas' usando de ensinamento do judaísmo e mesclando-o ao evangelho, a religião pós ensinamento dos apóstolos, o cristianismo!!

Pronto! A fórmula foi composta, o cristianismo é judaizante, é como Pedro tentou fazer aos gentios para viverem como judeus e foi repreendido por Paulo [Gálatas 2; Mateus 15; Marcos 7; Colossenses 2] miscigenando preceitos do judaísmo ao evangelho de CRISTO.

... pois é, como são pretensiosas as lideranças eclesiásticas, usam de tudo para viverem do AUTORITARISMO religioso, e nada do que dizem tem respaldo bíblico, e contra eles ainda está a Palavra de DEUS:

"¶ O Teu trono, ó DEUS, é eterno e perpétuo; o cetro do Teu Reino é um cetro de eqüidade" [Salmos 45]!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

novembro 03, 2016

A Cartilha do "Pacote Pré-determinado de Doutrinas e Tradições" aos evangélicos

[034780]


Contexto bíblico Atos 5:

"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a DEUS do que aos homens."

Na igreja instituição aprende-se uma fé hipotética, incerta, dubitável, imaginária, irreal, supostamente em CRISTO e firmada por um "Pacote Pré-determinado de Doutrinas e Tradições" que é fundamentado pela contextualização do evangelho ao Antigo Testamento, ou seja, a miscelânea de alguns preceitos da lei mosaica da Antiga Aliança sobreposta aos ensinamentos de CRISTO em a Nova Aliança, e para isto, a comunhão entre os membros das igrejas instituições vivem por dogmas, sofisma, doutrinas e tradições, e crendices forjadas (inventadas, criadas) por homens, que invalidam o mandamento de DEUS [Marcos 7];

Este "Pacote Pré-determinado de Doutrinas e Tradições", exibe uma cartilha a qual os evangélicos devem seguir à risca, e caso assim não procedam, são sujeitos a penalidades diversas, levando até à expulsão da igreja instituição:

1 - A liderança eclesiástica figurada como 'pastor-presidente' (geralmente é quem fundou a igreja instituição, ou seus filhos e parentes mais próximos, genros, noras) é o mais alto grau da instituição, mesmo que a Palavra de DEUS nada mencione sobre uma presidência no episcopado;
2 - Se e somente se, deve haver uma subordinação incondicional de todos os membros (desde o novato até a qualquer outro pastor) ao 'pastor-presidente', independente de que este seja ou não praticante do evangelho;
3 - Evangélicos membros nada veem;
4 - Evangélicos membros somente ouvem;
5 - Evangélicos membros nada falam na liturgia (apenas "glórias", "améns" quando o pastor pergunta) e não sobem ao púlpito (local do 'pastor-presidente' e seus mais chegados);
6 - Evangélicos membros devem (obrigatoriamente) entregar dízimos e ofertas, e o que é feito com eles não é da conta de ninguém (inclusive os próprios membros não querem saber);
7 - Se o 'pastor-presidente' estiver roubando a instituição, o problema é dele com DEUS e não com quem paga dízimos e entrega ofertas e mantem a instituição, estes dizimistas ofertantes tornam-se comparsas;
8 - Evangélicos membros não devem questionar (mesmo que tendo entendimento bíblico), tudo deve ser dirimido pela liderança eclesiástica;
9 - Se houver alguma dúvida quanto à doutrina bíblica, as respostas não devem ser procuradas na Palavra de DEUS [contida na Bíblia], mas com o professor das escolas dominicais ou coisa similar;
10 - Todo e qualquer pastor, mesmo que seja ladrão, pecador, é um "ungido do senhor" (palavras de Silas Malafaia).

Um detalhe interessante (e proposital) que me deixa perplexo, está em que, na idade medieval, a população que buscava barganhar com DEUS, não conhecia a Bíblia e muito menos sabia ler, mas, os atuais barganhadores, intelectualizados, muitos com cursos superiores, profissionais liberais, conhecedores da Bíblia, muitos com cursos teológicos, e mesmo assim, como grande maioria, jamais são inocentes, tornaram-se cúmplices de mercenários, dos criminosos em religiões.


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


.