Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 10.jul.2017, Mateus 5

EU, porém vos digo: Amai a vossos inimigos, bem-dizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; [Lucas 23.34; 6.27-28; Atos 7.60; Romanos 12.14; 1Pedro 3.9; Salmos 7.4]
Para que sejais filhos do vosso PAI que está nos céus; porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. [Lucas 6.35; Atos 14.17; Mateus 5.9; Jó 25.3; Salmos 145.9]
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? [Lucas 6.32-35; Mateus 6.1; 9.10-11; 11.19; 18.17]
E, se saudares unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? [Mateus 5.20; Lucas 6.32; 10.4-5; 1Pedro 2.20]
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso PAI que está nos céus. [Levítico 19.2; Colossenses 1.28; Gênesis 17.1; Deuteronômio 18.13; Lucas 6.36]

[037478]

março 31, 2011

Deputado abre mão de verbas parlamentares, enquanto a bancada evangélica...

O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF) eleito pelo Distrito Federal, num ato no mínimo, surpreendente, abriu mão dos benefícios e ajudas de custo parlamentar que, para ele, “são desperdício de dinheiro público”.

Enquanto o deputado federal abriu mão dos benefícios e privilégios recebidos durante o mandato, porque será que nenhum dos deputados e senadores evangélicos também não fizeram o mesmo? Será que a enorme bancada evangélica teria coragem de abrir mão de tudo isso?

Ainda no começo de fevereiro, ele encaminhou seis ofícios para a Diretoria da Câmara pedindo – em caráter irrevogável – os seguintes itens:

- Suspensão do 14º e 15º salários que teria direito a receber;
- Redução da verba de gabinete em 20% – passando de R$ 60 mil para R$ 48 mil;
- Redução – de 25 para nove – do número de assessores a que teria direito;
- Diminuir em mais de 80% a cota interna do gabinete. Dos R$ 23.030 a que teria direito por mês, reduziu para apenas R$ 4.600;
- Acabar com o seu auxílio moradia, por, segundo descrito no ofício, entender que deputados eleitos pelo Distrito Federal não necessitem do benefício;
- Acabar com a cota de passagens, também por ter sido eleito pelo DF.

A assessoria do parlamentar calculou que ele vai economizar aos cofres públicos mais de R$ 2,3 milhões nos quatro anos de mandato. “Defendo a tese de que um mandato pode ser de qualidade, custando bem menos para o contribuinte do que custa hoje. É o que pratiquei enquanto deputado distrital e agora enquanto federal”, afirmou Reguffe a Terra Magazine.

Se os outros 512 deputados fizessem o mesmo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 bilhão, ainda segundo cálculos feitos pela equipe do parlamentar. “Consigo fazer todo o meu trabalho e cumprir a minha obrigação para com a sociedade”, afirmou, para depois destacar que com o que recebe consegue manter “assessores de qualidade” em seu gabinete.

- Eu consigo trabalhar bem com essa equipe, consigo ter um mandato bom, que me dê um suporte técnico. No meu gabinete tenho um assessor jurídico, legislativo, de imprensa, chefe de gabinete… – relata.

Para Reguffe, “o montante era excessivo, porque um deputado precisa ter assessores, mas não 25, que acaba parecendo uma estatização de cabos eleitorais”. Questionado se seus colegas de partido pretendiam seguir o mesmo caminho, o parlamentar preferiu não entrar nessa polêmica e se limitou a falar de suas iniciativas.

Apresentados os seis ofícios, alterando o orçamento de seu próprio gabinete, o deputado encaminhou à Mesa Diretora dois projetos que acabariam com o 14º e 15º salários, reduziria a verba de gabinete e o número de assessores de 25 para nove.

Tudo o que eu proponho tenho que fazer antes no meu gabinete”, diz Reguffe, que rejeita a acusação de demagogia: “Alguns colegas acham que isso é demagogia. Seria demagogia se eu pregasse isso e não fizesse dentro do meu próprio gabinete”. E, irônico, completa: “Bom seria se fossem todos ‘demagogos’”.

A bancada evangélica no congresso conta hoje com 81 deputados e senadores. A maioria destes parlamentares evangélicos eleitos é do campo majoritário da igreja Assembléia de Deus mas, tem deputados da Igreja Batista, da igreja Presbiteriana, da igreja do Evangelho Quadrangular, da Igreja Internacional da Graça, da igreja Maranata e da igreja Metodista, entre outras denominações.


Teresina Gospel

março 28, 2011

Jesus veio ao mundo para salvação, mas, o evangelho de Cristo não ensina isto...

.

Sou um desigrejado (do sistema religioso), e procuro estar sempre a serviço do Senhor Jesus, ao Reino de Deus, por isso, tenho que mostrar as mazelas religiosas, e quem for contrário, paciência!!!


Pastores ungem aparelho celular e entram em chiqueiro usando porcos para ilustrar fiéis. Assista!!


Alguns pastores da Igreja Quadrangular em Belo Horizonte, Minas Gerais, entraram em um chiqueiro e gravaram um vídeo para a campanha “Sexta-Feira Forte da Guerra”, para combater o “espírito de humilhação”.

Para ilustrar o processo, os pastores entraram em um chiqueiro e afirmaram que alguns fiéis seriam como aqueles porcos: “Só fica de cabeça baixa, parece derrotada, esta na miséria, no meio do nada”.



Os pastores são da mesma denominação e estado de outros que ficaram famosos pela mesma forma de divulgar seus cultos. Em Governador Valadares outros dois pastores da Igreja Quadrangular gravavam vídeos ilustrando o tema de cada culto. Na ocasião eles entraram em lamaçal, em poços profundos, subiram montes com galões de água, entre outras coisas. Após a repercussão dos vídeos, todos eles foram apagados. O Gospel+ procurou a denominação para comentar o caso e até o fechamento da matéria não houve respostas.

O evento “Sexta-Feira Forte da Guerra”, da Quadrangular de Belo Horizonte, possui a mesma temática da “Segunda-Feira Forte da Potência de Deus”, da Quadrangular de Governador Valadares. Inclusive temas da denominação do interior de Minas Gerais também já foram utilizados pela da capital, como os pastores na lama e enterrando os problemas dos fiéis, como é possível ver abaixo:





Os Pastores de Belo Horizonte também tem seus próprios temas e unções. Em um dos vídeos eles afirmam ter subido no ponto mais alto da capital para consagrar o “óleo das boas novas” para ungir o aparelho celular dos fiéis e assim só receber notícias boas a partir de então. Assista:



A frente dos vídeos estão os pastores Paulinho Silveira e Jerônimo Nofre da Igreja Quadrangular – Templo dos Anjos que esteve junto a Igreja Quadrangular de Governador Valadares no evento “Labaredas de Fogo” que contou também com a presença, entre outros, dos pastores Jabes de Alencar e Silas Malafaia, além das cantoras Cassiane e Pamela.


Gospel Mais Comunicação Cristã Ltda.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

março 23, 2011

Somos ‘cachorrinhos’ que comem migalhas!!

.
Há uma prepotência de alguns, que, achando conhecerem da Palavra de Deus, já se acham os donos do céu...

Vivem por divulgar que Deus está a abençoar por causa de atributos religiosos vocacionados por homens; divulgam e cobram de outrem que ofereçam suas dádivas em troca de bênçãos e que Deus somente irá abençoar quem entregar as migalhas de suas ofertas nos “templos religiosos” ou nas chamadas “igrejas”, que são criadas e fomentadas por homens;

Porém, não é assim que somos vistos pela Palavra de Deus, mesmo porque, Jesus veio ao mundo para Israel [João 1], e para este intento, podemos concluir que, nós gentios, para sermos abençoados por Deus, não precisamos entregar nada em “igreja” (por exemplo, igrejas evangélicas) alguma, mas, nossas bênçãos estão vinculadas somente ao beneplácito de Deus e a nossa fé.

Mas, infelizmente, alguns milhares de carregadores de Bíblia, financiadores de programas patéticos evangélicos, mantenedores de “igrejas físicas templos de tijolos”, ainda querem viver como os analfabetos dos tempos medievais, pois que, estão enriquecendo ministérios evangélicos, pastores de renome(??, rsrsrsrs), tornando instituições religiosas com nome de igreja em verdadeiros impérios, e esperando que Deus os irá abençoar... infeliz tolice!!

Outrossim, o relato bíblico de Mateus 15 [Marcos 7] nos é o maior exemplo do real objetivo da vinda de Jesus ao mundo; pois, uma mulher cananéia rogou ao Senhor por misericórdia; porém, foi admoestada por Jesus que, Ele veio para as ovelhas de Israel...

E neste relato, demonstra que a mulher tinha fé no Senhor, e mesmo sendo de certa maneira repreendida por Jesus, adorou-O, e apresentando-se como um “cachorrinho” que alimenta das migalhas que caem da mesa de seu Senhor, demonstrou toda sua fé em Jesus!!

Portanto, a mulher cananéia é um exemplo a ser seguido por todos nós, gentios, aqueles que não são da casa de Israel que, Deus por Sua infinita misericórdia nos há de abençoar, não por causa de nossas ofertas mirabolantes em dinheiro, mas, somos abençoados por nossa fé em Cristo Jesus.

E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.
E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós.
E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!
Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.
E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.
Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.


Então, se você é um dos mantenedores de “igrejas”, ou financiadores de patéticos programas evangélicos, ou ofertante em templos religiosos que chamam de “igrejas”, e a pregação diante suas ofertas dizem que você será abençoado, fique esperto.... estão te enganando!!!


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

março 18, 2011

Igreja física, igreja local, igreja nos lares, e a Igreja de Cristo

.

O ensinamento bíblico em exaustão afirma, exorta, admoesta, o que disse Jesus com relação a Sua Igreja, que Ela não seria subjugada, nada a abalaria (porque é firmada na Rocha, Jesus), que é orgânica, sem mancha, é a noiva de Cristo, fiel, visível aos olhos de Deus, composta pelos filhos do Reino divino que são aqueles que professam o nome do Cordeiro sobre a face da terra:

Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” [Mateus 16]... é fundamental entender que a “pedra” a qual Jesus se refere, é Ele próprio, e não Pedro ou aquelas que colocam no chão quando se vai construir um templo religioso...

... mesmo porque, “Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” [Efésios 5].

Há, porém de ressaltar que, sou conhecedor que existem lugares que se intitulam “igreja” praticando aquilo que seja o intuito do evangelho, o anúncio da salvação na pessoa de Jesus Cristo, através da pregação da Palavra de Deus; entretanto, não posso dar valor ao “local” da reunião, que impropriamente é chamado de “igreja”, é preciso sim, dar toda honra, toda glória, todo louvor ao SENHOR que nos resgatou das garras malignas, e nos faz SER Sua Igreja, o povo de Deus reunido sobre a face da terra, independente que seja num mesmo “local” que comumente é chamado de “igreja”...

... ou seja, o local físico ou geográfico não se faz de importante, porém, a insistência e perseverança em se reunir em nome de Jesus, a essência de viver em novidade de vida, sendo luz nas trevas, sendo testemunhas do amor de Cristo e levando as Boas Novas de salvação até os confins da terra [Atos 1], isto sim, é do agrado do coração de Deus!!!

Desta forma, nos sentimos, os que vivem pela Verdade que liberta, desvinculados de tudo aquilo que faz referência a vontade humana; nos retiramos das “instituições religiosas” (tanto faz serem evangélicas ou católicas, ou qualquer outra coisa que pertença ao “sistema religioso”); nos fizemos, pela vontade e graça de Deus, servos e prisioneiros de Cristo, e também fomos libertos das amarras de homens corruptos de entendimento [“ por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas” – 2Pedro2];

E como me retirei das “instituições religiosas” (que chamam de “igreja”), não justifica a ninguém querer me rotular como rebelde para com Deus ou insubordinado a sã doutrina, pois que, persevero em ser fiel a Palavra de Deus, precavendo-me dos rudimentos do mundo, cultivando e divulgando a comunhão fraternal, e para isto, tanto eu, como outros, nos reunimos em qualquer lugar, mas por fundamento em o nome de Jesus [Mateus 18.20], e, em especial em nossos lares (nossas casas), pela mesma maneira que nos exortam e corroboram relatos bíblicos (dentre outros tantos):

- “Saudai aos irmãos que estão em Laodicéia e a Ninfa e à igreja que está em sua casa” [Colossenses 4];
- “E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa” [Atos 16];
- “E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa” [Lucas 10];
- “As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no Senhor Áqüila e Priscila, com a igreja que está em sua casa” [1Coríntios 16];
- “Saudai também a igreja que está em sua casa. Saudai a Epêneto, meu amado, que é as primícias da Acáia em Cristo” [Romanos 16];
- “E à nossa amada Afia, e a Arquipo, nosso camarada, e à igreja que está em tua casa” [Filemom];
- “E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa” [Lucas 19];
- “E Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, os encerrava na prisão” [Atos 8];

Entretanto, o correto questionamento não está no porque de nos reunir em nossas casas, pois, esta maneira de reunião faz parte da vontade divina para a Igreja;

O correto em se afirmar ou questionar é o quando houve o beneplácito de Deus para que fossem feitas reuniões de forma adversa a Sua vontade; pois que, quando se negligencia os fundamentos de Deus para a união e em ser a Igreja, estar-se-á distanciando de todos os preceitos bíblicos, mesmo porque, a Palavra de Deus afirma que, “Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito” [Lucas 16], e, definitivamente, o relato de Lucas não faz referências as contribuições que sejam feitas as “instituições religiosas” que chamam de “igreja”.

Há algumas objeções que é preciso ser demonstrado em relação a muitas das “instituições religiosas” com nome de “igreja”, ou igrejas físicas de tijolos, ou igrejas locais em templos de tijolos, porque, muitas de suas atuações não condizem com o ensino bíblico, portanto, não percorrem de encontro da vontade de Deus para Sua Igreja, quais sejam:

As “instituições religiosas” chamadas de “igrejas”, precisam entender a Grande Missão que Jesus nos incumbiu [Mateus 28], ou seja, ir além das paredes dos templos, são necessários os adventos de nosso Bom Pastor, e qual seja?? Que sejamos sal e luz para os que estão no mundo (ou do lado de fora dos templos); não se pode permitir que se fique de braços cruzados ou batendo palmas nos cultos, sentados em bancos, esperando que as pessoas venham ao templo, a ordenança de Jesus é para que se vá de encontro a elas (aliás, não é contribuindo nas “instituições religiosas” para fazer missões que se estará cumprimento a ordenança divina);

As “instituições religiosas” chamadas de “igrejas”, firmaram o “domingo” como o dia “oficial” e especial para os “cultos de adoração”, coisa que foi instituída por Constantino (herança do “Cristianismo”), mas, em verdade, devemos oferecer nosso culto racional a Deus todos os dias; além de que, na maioria destes locais, instituíram os cânticos musicais como “adoração”, e isto não é verdade, isto está se tornando idolatria as músicas!!

E outra, por conta das “instituições religiosas” chamadas “igrejas”, milhares as tem abraçado como fé, e infelizmente, não abraçam apenas ao Senhor Jesus em fé; assim como, se utilizam de contribuições em forma de dinheiro (o que, em geral, é falado em todos os cultos) como obediência a Deus, sendo a forma humana, religiosa, de misericórdia e fé!!

Não podemos ainda, deixar de ressaltar que, por conta das mazelas das “instituições religiosas” chamadas de “igreja”, encontramos vários dizendo que é necessária uma possível reforma da “igreja”; que o amor está se esfriando nos antros da “igreja”; que é necessário um avivamento da “igreja”; porém, tudo isto não passa da necessidade espiritual das criações humanas (ou, das “instituições religiosas” chamadas de “igreja”) que realmente precisam de tudo que aqui foi exposto, mesmo porque, a “Igreja de Cristo” é firmada na Rocha e as portas do inferno não prevalecem contra Ela; mas, muitos dos membros são em verdade, os que precisam de uma reforma, de um avivamento, de recapitularem o primeiro amor...

As “instituições religiosas” chamadas de igreja física de tijolos, igreja denominacional local, como são criadas pelos homens, são apenas locais onde se reúnem pessoas, boas e más; não possuem a autoridade de Deus; são prédios de tijolos onde não é habitação de Deus; suas reuniões têm a mesma importância (ou algumas até menos) que as que simplesmente se realizam nas casas, sendo que, nas reuniões em casas não se pratica liturgia como nos templos religiosos (como a supremacia da figura de um homem central que se acha superior aos outros, a desigualdade em prepotência de alguns em relação a outrem, o desfile de supostas bênçãos)!!!

E é conforme este relato, que temos notado que, através de vários comentários (alguns até se estarrece de ler, os evangélicos fazem afrontas, adicionam adjetivos pejorativos, sem contar das burrices) desvirtua-se de forma a especulação quanto ao que seja a referência e verdade que o SENHOR dá em conotação do que seja a Sua “Igreja” propriamente dita, porque a Igreja de Cristo não se firma em nomes ou em aglomerações aqui ou acolá, mas, Ela é firmada no poder de Deus sobre a face da terra!!

Então, assim sendo, pelo ensino bíblico, concluir-se-á que, a Igreja de Cristo são o povo de Deus, e este povo está espalhado sobre a face da terra, donde Sua morada e localização são celestiais; e nesta vida material, este povo se reúne COMO Igreja em diversos locais, e, portanto, estes locais não são a “Igreja”, mas, endereços geográficos de reunião daqueles que são a “Igreja”, tais como, as reuniões em nossos lares!!


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

março 15, 2011

Afinal, de qual "Deus", Silas e Estevam falam??!!

.

Nos diz a Bíblia, em 2Coríntios 4 que, "o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus"!!


Mas, eis as notícias do cenário religioso:


Estevam Hernandes, líder da Igreja Renascer, irritou-se com os fiéis durante um pedido de ofertas na inauguração da nova regional de Santo Amaro, afirma o site de membros da denominação.

Hernandes solicitou a todos os presentes que estivessem ofertando ou dizimando naquele dia levantassem o envelope. Contudo, poucos levantaram. Hernandes irritou-se e afirmou: "Não quer dar? Então tá bom. Deus não vai te dar também!". Após, revelou a igreja que o aluguel daquela nova filial regional custava R$ 20 mil por mês.

A afirmação não foi bem recebida pelos membros da Renascer, o fiel Marcos afirmou: "Acho que o cara tá pensando que Deus precisa de alguma coisa da gente. Quem é o dono do ouro e da prata, nós ou Deus? Será que Deus precisa mesmo do nosso dinheiro pra fazer aquilo que Ele quer? Será que Deus é ‘me dá que Eu te dou’? Ou será que Deus é um deus de amor que já nos deu aquilo que era mais vailoso: a vida do seu próprio filho como sacrificio pelos nossos pecados mesmo sabendo que somos falhos? será que alguns milhôes pagariam o sacrificio de Cristo na Cruz?" [Gospel Mais Comunicação Cristã Ltda]

Já, Silas Malafaia, voltou a causar polêmica com suas pregações incisivas. Embasado na teologia da prosperidade, causou a ira de alguns fiéis que reclamaram na forma como o famoso líder pede dinheiro aos fiéis.

A nova polêmica aconteceu no dia 16 de fevereiro durante a inauguração de um dos novos templos da denominação, a Igreja Vitória em Cristo, na cidade de Araruama no Rio de Janeiro. Silas Malafaia anunciou que construirá cerca de 1000 templos da denominação no Brasil nos próximos anos.

Silas pregava quando lembrou que o templo em que estava havia custado R$600 mil, então afirmou que "Quem não der oferta, tudo bem. Mas não sairá daqui abençoado". [Gospel Mais Comunicação Cristã Ltda]


.

Intolerância religiosa


Morte de jovem agredida por pai para que seguisse igreja foi por suicídio


A morte em novembro de Larrissa Rafaela Kondo de Lima (foto), 15, foi por suicídio, concluiu a polícia de Cafelândia (SP) como base em laudo da perícia. A cidade tem 16 mil habitantes e fica 412 km de São Paulo.

Após apanhar do pai evangélico para que obedecesse as “regras da igreja e do respeito à família”, nas palavras dele, Larissa tomou uma substância venenosa que estava do lado de fora de sua casa, de acordo com o inquérito policial.

Inicialmente, a garota apanhou da mãe e depois, como mais violência, do pai porque estava namorando um garoto na pracinha da cidade. Flagrada pela mãe e levada à força para casa, ela levou uma surra de cinto e do pai chutes no abdômen e cabeça.

Na madrugada de 24 de novembro, passando mal e com vômito, ela foi levada às pressas para um hospital de Cafelândia e depois para outro em Bauru, mas morreu em consequência de um edema pulmonar.

Na época, a polícia prendeu José Carlos de Lima, 42, o pai, por algumas horas porque havia suspeita de que a morte de Larissa tinha sido provocada pelos golpes dele. Mas também já se cogitava a possibilidade de suicídio.

Lima foi descrito como um homem de natureza violenta e excessivamente religioso, a ponto de impedir que garotos se aproximassem de Larissa, segundo relatos de colegas de escola da adolescente. Na delegacia, a mulher dele teria dito que Lima se descontrolou e se excedeu no castigo à filha.

Apesar do cerceamento do pai, Larissa era uma moça sociável e alegre na escola. Ela dizia que queria ser médica.


Folha Gospel.net

.

março 05, 2011

Sou desigrejado, graças a Deus!!

.
Tenho notado que alguns insistem em que devemos frequentar “templos” que chamam de “igreja”; porém, isto não é ensinamento bíblico!!!

Entretanto, Deus nos tem agraciado com Sua Palavra, nos ensinando que devemos amar uns aos outros, devemos participar da “congregação dos santos” e não da congregação da esquina, e tenham a certeza que a diferença é monumental...

A congregação dos santos [Hebreus 10], é a união de todos aqueles que professam o nome do Cordeiro de Deus sobre a face da terra, milhares de irmãos espalhados pelo mundo num só propósito, adorar a Deus em espírito e em verdade, vivendo em comunhão, mesmo não se conhecendo, mas orando uns pelos outros;

A congregação da esquina, é qualquer lugar que se reúne pessoas, comumente chamadas de “igreja” ou qualquer nome religioso que seja;

Portanto, é importante entender as Sagradas Escrituras para não ficar defendendo lugares comuns onde todos se reúnem e somente fazem isto, nada mais!!!

Jesus não ensinou em organizar Sua Igreja em “instituições religiosas”;

A Igreja de Cristo não possui cultos litúrgicos em tempos determinados, não possui posição geográfica com endereço, CEP, CNPJ, não tem lista de membros, Jesus não faz menção de hierarquia eclesiástica, e em nenhum momento encontramos Jesus ensinando sobre a necessidade de “congressos religiosos”;

Os igrejados, evangélicos, na sua maioria, defendem a manutenção de templos e suas instituições organizadas, como prioridades em suas vidas, esquivando-se do mais importante para Cristo, o amor a Deus e ao próximo, “ Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.


Afinal, nós, desigrejados, na verdade, não somos contra a “igreja física” organizada, mas desejamos uma forma mais pura de servir a Deus e ao próximo, como na forma original, que nasceu organizada e estruturada através dos evangelhos e nos demais testemunhos do Novo Testamento.

Em verdade, há muitos homens de Deus, mas, não necessariamente estão dentro das "igrejas físicas", muitos nem passam perto delas, mas, vivem no "campo" trabalhando na seara do SENHOR!!!

Outra coisa, a Palavra de Deus diz: "Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a Sua seara"...

... por que os obreiros que deveriam estar no campo, estão enfiados (enclausurados, travestidos de "ungidos") dentro dos templos religiosos!!!


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.