Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.jun.2017, Hebreus 4

Visto que temos um grande Sumo Sacerdote, JESUS, FILHO de DEUS, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
[Hebreus 6.20; 1.2-3; 8.1; 9.24; 10.12]
Porque não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
[2Coríntios 5.21; João 8.46; Hebreus 7.26; 2.17-18]
Cheguemos pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
[Efésios 3.12; Filipenses 4.6-7; Êxodo 25.17-22; Levítico 16.2; 1Crônicas 28.11]

[037408]

maio 25, 2015

A igreja instituição invalida a Palavra de DEUS

[030980]

Contexto bíblico Mateus 7:

"Invalidando assim a Palavra de DEUS pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas."

E é isto notadamente que o evangelho em Marcos 7 tem nos dado testemunho profeticamente da igreja instituição (igrejas locais, lugares apelidados de 'igrejas') por ter deixado o mandamento de DEUS, para seguirem as tradições dos homens; como, isto pode, aquilo não;

E fazem muitas outras coisas semelhantes a estas.

A igreja instituição por sua liderança eclesiástica e seus membros tem invalidado o mandamento de DEUS para guardar as suas tradições religiosas, dizem-se reformados, neo pentecostais, batistas, wesleyanos, luteranos, blá, blá, blá, cada qual com sua doutrina tradicional, crendices, sofisma, dogma.

São pessoas que dizem seguir a CRISTO, entretanto, criam e fomentam doutrinas que vão na contra mão dos mandamentos de DEUS.

Se fazem, as lideranças eclesiásticas, tão importantes quanto ao próprio CRISTO, o cabeça de igreja, os quais querem ser aproveitados como oferta ao SENHOR, menosprezando até pai e mãe, afinal, estes lideres se dizem o coração de suas instituições religiosas.



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Nenhum comentário: