Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 18.jun.2018

Apocalipse 21

E nella não vi templo, porque della o templo he o SENHOR DEOS TODOPODEROSO, e o CORDEIRO.
[Mateus 24.2; João 4.21; Apocalipse 1.8; 5.6]
E a cidade não necessita de sol, nem de lua para que nella resplandeção: porque a gloria de DEOS a tem alumiado, e o CORDEIRO he sua candeia.
[Salmos 84.11; Isaías 24.23; 30.26; 60.19,20]
E as gentes que se salvarem, andarão em sua luz: e a ella os Reis da terra trarão sua gloria e honra.
[Salmos 72.10; Isaías 49.23; 60.3,5]
E suas portas de dia se não fecharão: porque ali não haverá noite.
[Isaías 60.11; Zacarias 14.7; Apocalipse 21.12,15]
[versão bíblica Almeida 1850]

[039950]

... amados adoradores...

outubro 04, 2013

É possível pedir reembolso na Justiça de ofertas e dízimos!!??

[25030]


Posso processar a igreja para receber de volta o que dei de dízimo e oferta?


As denominações neopentecostais com ênfase na teologia da prosperidade (e tantas outras que disfarçam não agir assim) vem, ano após ano, causando polêmicas e indignação em fiéis que, depois de muito contribuir, se frustram com a falta de concretização das promessas de enriquecimento feitas dos púlpitos.

O doutor Ademar Volanski afirmou durante o programa Advogado ao Vivo, publicado em seu canal no YouTube, que é possível cobrar na Justiça os valores ofertados ou entregues em forma de dízimos em casos de conquistas não alcançadas.

A afirmação foi feita em resposta a uma pergunta enviada por uma fiel da Igreja Universal do Reino de Deus, que alegou ter dado à denominação cerca de R$ 190 mil ao longo do tempo em que frequentou a igreja liderada por Edir Macedo.

Segundo Volanski, já existem precedentes na justiça brasileira, que decidiu a favor de fiéis que buscaram reaver os valores ofertados por não terem ficado ricos como a mensagem de prosperidade sugeria.

O advogado, no entanto, frisou que há uma séria dificuldade em provar que os valores reclamados foram realmente entregues às denominações, mas que é possível conseguir o reembolso.

Assista:




Envie sua dúvida para o email: pergunte@volanski.adv.br

Site: advogadoaovivo.adv.br

Agende uma consulta ao vivo e online com o Dr. Ademar via skype ou hangout privado.


.

Nenhum comentário: