Adoradores...

agosto 13, 2016


Mais de 10 milhões de DESIGREJADOS - Parte 1
Os ressurgentes da Verdade que liberta

[034115]


Contexto bíblico 1Pedro 2:

"Porque éreis como ovelhas desgarradas; mas agora tendes voltado ao PASTOR e BISPO das vossas almas."

A existência real, ascendente e crescente de milhares e milhares de desigrejados, os que vêm se desvinculando ou deixando de frequentar, abstendo, rebelando contra o sistema de organizações religiosas apelidadas de 'igrejas' e que tem preocupado sobremaneira e levado à ira, à cólera, à fúria  aos senhorios (lideranças eclesiásticas) dos feudos evangélicos da igreja instituição (lugares apelidados de 'igrejas' ou instituições religiosas ou sistema religioso como um todo), e estes, como o costume lhes é peculiar por serem instáveis e volúveis, afirmam mentiras, manipulam inverdades com palavras fúteis, valorizam o que é considerado superficial, inútil ou apenas material, por mesquinharia, medo, falta de argumentos plausíveis e verdadeiros, querem nicar, almejam deixar em mau estado, querem danificar ou prejudicar aos desigrejados;

E é de crermos da ira, cólera e fúria das lideranças eclesiásticas quanto ao aparecimento e crescente número dos desigrejados, por que sobremaneira afeta e muito, os cofres religiosos das instituições e contas bancárias dos proprietários e fundadores das igrejas instituições.

  • A título de curiosidade, se por acaso, cada um destes 10 milhões de desigrejados, dessem um valor de R$10,00 (dez reais) por dízimos ou ofertas (e olha que este é um valor infinitésimo diante o que é real às sacolinhas), teremos um total mensal de R$100.000,00 (cem milhões de reais), e quanto a ira, cólera e fúria das lideranças eclesiásticas, falar-se-á...

Ao aparecimento crescente dos desigrejados, é imperioso entender e citar que, muitos dos que se iniciam na fé e esta iniciação se dá na igreja instituição, aprendem uma fé hipotética em CRISTO tão somente por um pacote pré-determinado de doutrinas e tradições em dogmas, sofisma e crendices forjadas por homens, que invalidam o mandamento de DEUS [Marcos 7].

Outros, frequentadores de anos ou nascidos em famílias católicas ou evangélicas, não aprenderam por que lhes foi usurpado, lhes foi oculto pelo pacote de doutrinas e tradições religiosas, que, através de um lar ou nas reuniões de irmãos, a Igreja de CRISTO é firmada sem a necessidade de imposição e obrigatoriedade por religiosos de um prédio/templo, um estatuto e um nome denominacional ou fantasia;

Estes iniciantes na fé, frequentadores de anos e nascidos em famílias católicas ou evangélicas, aprendem que a "igreja" é um prédio/templo com nome, e o "deus" que ali predomina é a liderança eclesiástica, o ídolo de ministério e todos lhe devem obediência, devem ouvir, nada ver, e seguir sem questionar, e muito menos ter a Palavra de DEUS [contida na Bíblia] como forma de se buscar conhecimento, sempre suas dúvidas devem ser dirimidas nas 'escolas dominicais' ou 'catequeses'.

E portanto, é de se entender por que estes iniciantes na fé, frequentadores de anos e nascidos em famílias católicas ou evangélicas não chegam a compreender sobre a original e essencial Igreja de CRISTO, estabelecida e firmada nos lares, pós ressurreição do SENHOR.

Pois bem, entre outros detalhes, notório, visível, e evidente, a Palavra de DEUS foi e é cerceada, censurada, e usada apenas pelas lideranças no único e real propósito em adulteração, modificação, adaptação ao pacote pré-determinado pela organização religiosa e de suas doutrinas e tradições, sendo este pacote razão de prevalecer uma escravidão religiosa aos fiéis e membros;

Ressalta-se que, a escravidão religiosa tem feito pelas lideranças eclesiásticas, fiéis e membros agressivos, irados por que, todas as vezes que anunciamos das verdades contidas na Palavra de DEUS, as quais eles não tem ouvido ou foram deturpadas e manipuladas (que é o ensino da igreja instituição), estes se iram, demonstram claramente que se convenceram do pecado mas não se converteram ao CRISTO, apenas, como são ouvintes e não praticantes do evangelho, negligenciam ao SENHOR e cheios de terror e medo de perderem a santidade mórbida (doentia), se revoltam por serem instigados por suas lideranças a ser contra aos que a anunciam a Verdade.

Conclui-se em verdade, pela aparência de piedade, mas negando a eficácia dela [2Timóteo 3], na igreja instituição a Palavra de DEUS nunca foi livre, e jamais será, negam a CRISTO, comunicam um suposto amor (com a finalidade de receber benesses, o que vem sem trabalho) usando a DEUS, Seu FILHO e em nome do SENHOR.

Enfim, eis as reais, sinceras e verdadeiras razões pelas quais vem crescendo e ainda irá crescer o número de desigrejados que se reúnem nos seus lares em nome de CRISTO e que combatem a igreja instituição e seus lideres, amantes de si mesmos, fraudulentos, mercenários, que deveriam se preocupar com o testemunho mesquinho e os escândalos que estão praticando, do que tentar denegrir aos que estão sendo transformados pela renovação do entendimento através do ESPÍRITO SANTO [1João 2.27] e experimentando qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de DEUS [Romanos 12].


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo Que Eu Entendo De Feudos Evangélicos, Também São As Igrejinhas.

As Pessoas Que Frequentam Elas Vivem De Nariz Empinado Se Achando Melhor Do Os Outros, Mas Analise E Veja Se Quem Não Está Indo Pro Inferno Não São Elas ?

E Ainda Querem Levar As Outras Pro Inferno, Todas O Quanto Puderem.