Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 10.jul.2017, Mateus 5

EU, porém vos digo: Amai a vossos inimigos, bem-dizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; [Lucas 23.34; 6.27-28; Atos 7.60; Romanos 12.14; 1Pedro 3.9; Salmos 7.4]
Para que sejais filhos do vosso PAI que está nos céus; porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. [Lucas 6.35; Atos 14.17; Mateus 5.9; Jó 25.3; Salmos 145.9]
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? [Lucas 6.32-35; Mateus 6.1; 9.10-11; 11.19; 18.17]
E, se saudares unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? [Mateus 5.20; Lucas 6.32; 10.4-5; 1Pedro 2.20]
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso PAI que está nos céus. [Levítico 19.2; Colossenses 1.28; Gênesis 17.1; Deuteronômio 18.13; Lucas 6.36]

[037478]

julho 30, 2011

O ministério da vocação dos gentios (todos nós que não somos judeus)

.

Nós, gentios, os que não pertencemos a nação de Israel, mas, pelo beneplácito da vontade de Deus, fomos enxertados a Videira [Romanos 11], e por conseguinte, pela nossa perseverança e persistência em buscar em primeiro o Reino de Deus e Sua justiça, estaremos, pois, firmados na Rocha;

Entretanto, nosso ministério não se firma em dar testemunho de possíveis bênçãos materiais;

Nosso ministério não se firma em contribuirmos com dinheiro para lugares comuns que os homens colocaram o nome de “igreja”;

Nosso ministério não se firma em manter alguns que se intitulam líderes;

Nosso ministério dever-se-á opor a tudo o que seja relacionado a uma possível negociata religiosa;

Nosso ministério deve lidar com desdém e desprezo para a manutenção de salários de homens que se dizem ser de Deus; segundo o eterno propósito que Deus fez em Cristo Jesus nosso Senhor, no qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nEle.

Portanto, vos peço que não desfaleçais nas tribulações;

Por causa disto coloque-mo-nos de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da Sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo Seu Espírito no homem interior;

Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus;

E expor que as Sagradas Escrituras nos afirmam que o propósito eterno de Deus é a glória de Seu Filho e todo o Seu prazer está nEle;

Deus reunirá todas as coisas em Cristo. O Senhor Jesus é o centro do universo;

Tudo aquilo que estiver fora de Cristo nenhum valor terá diante de Deus;

Todos os que são chamados de Deus, são chamados para que o Seu propósito, que é a glória de Seu Filho, se cumpra neles e através deles; nada neste mundo pode satisfazer o coração dos filhos de Deus a não ser conhecer o Senhor Jesus Cristo e fazê-Lo conhecido.


Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.

.

Um comentário:

djalma disse...

Caro Irmão James

Vejo que os olhos do vosso entendimento ainda não foi aberto.
Estávamos mortos em delitos e pecados,Cristo Jesus com o seu sangue nos vivificou, nos gerou, nos trazendo novamente a vida, logo ele é o nosso Pai, quem gera não é o Pai?

abraços do irmão Djalma