Adoradores...

outubro 27, 2011

Dízimos são bíblicos...

.
A Bíblia é dividida em dois testamentos, o Antigo e o Novo, porém, o melhor entendimento é que a divisão seja feita em:

- Antiga Aliança de Deus com Israel (todo o Antigo Testamento e até o Novo Testamento no advento ds prisão e morte de Cristo);

- Nova Aliança consumada por Cristo na cruz do Calvário (inicia-se no Novo Testamento após a crucificação e ressurreição de Cristo).

A Antiga Aliança consistiu em ordenanças, mandamentos, juízos que Deus enviou a nação de Israel através de Moisés, a Lei mosaica, que fariam a nação de Israel diferenciada das demais nações, pois, serviam de testemunho de Deus na terra; (sem nos esquecer que Cristo foi condenado por esta Lei, por isso Ele disse que veio cumprir a Lei)

Lei mosaica, composta de todo o código de leis, formado por 613 disposições, ordens e proibições, tais como, guarda do sábado, carne de porco, vestimenta (os tzitziot, “franjas com nós”), homens não devem raspar o cabelo das laterais de suas cabeças e barbear-se com uma lâmina, dizer o Shemá Israel duas vezes ao dia, usar tefilin (filactérios) na cabeça, circuncidar todos os indivíduos do sexo masculino em seu oitavo dia, etc, sem nos esquecer dos dízimos.

A nação de Israel foi através de Abrão, que foi chamado por Deus de Abraão, tendo seu filho Isaque que teve seu filho Jacó, e este, tendo seus filhos, originaram as tribos de Israel, que quando entraram na terra prometida, Canaã, cada qual teve sua porção de terra [“ Estas são as heranças que Eleazar, o sacerdote, e Josué, filho de Num, e os cabeças dos pais das famílias repartiram as tribos dos filhos de Israel, em herança, por sorte, em Siló, perante o SENHOR, a porta da tenda da congregação. E assim acabaram de repartir a terra ” – Josué 19].

De todas as tribos, somente uma não recebeu terra por herança, a de Levi [“ Porém, a tribo de Levi, Moisés não deu herança; o SENHOR Deus de Israel é a sua herança, como já lhe tinha falado ” – Josué 13]; mas, esta tribo foi incumbida de cuidar dos trabalhos do tabernáculo, do templo em Jerusalém, separavam-se os sacerdotes, os cantores do templo, holocaustos e sacrifícios, enfim, todos os trabalhos que se faziam em referência a Deus;

Como todas as tribos receberam terra por herança, teriam condições de se alimentarem (através da plantação), iremos entender que a tribo de Levi não, porém, este “ é o ofício dos levitas: Da idade de vinte e cinco anos para cima entrarão, para fazerem o serviço no ministério da tenda da congregação ” [Números 8].

Pois bem, se todas as tribos tinham como se alimentar (através das colheitas), como seria o da tribo de Levi (os levitas)??

A resposta ao alimento dos levitas está em Deuteronômio 14:
Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.
E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias.
E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado;
Então vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR teu Deus;
E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;
Porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo.
Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas;
Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o SENHOR teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem
”.

Porquanto os dízimos são bíblicos, em forma de alimento; e foram destinados a alimentação dos levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros!!!
Levitas: Nas instituições religiosas chamadas de 'igrejas', de nosso tempo, os cantores são chamados de levitas, e isto é um engano e uma mentira deslavada, pois, levitas são os descendentes da tribo de Levi (Moisés e Arão eram um deles).

Eis, pois, o que relatou Deuteronômio, os dízimos eram em forma de alimento, para alimentar os levitas que prestavam serviços no templo de Jerusalém, e aos órfãos, viúvas e estrangeiros.

E porque diz a Palavra de Deus, “ na minha casa ” em Malaquias 3.10??

Por que nos tempos do Antigo Testamento, o Espírito do Senhor enchia o templo, fazia-se presente entre os filhos de Israel [“ E os sacerdotes não podiam permanecer em pé, para ministrar, por causa da nuvem; porque a glória do SENHOR encheu a casa de Deus ” – 2Crônicas 5]; note que Deus não habitou no templo de Jerusalém, mas Sua glória encheu por um determinado período de templo e depois não mais...

... o que não acontece em nosso tempo, na igreja gentílica (nós somos os gentios, os que não são da nação de Israel), porque, depois da ressurreição de Cristo, Deus nos enviou o Espírito Santo [Atos 2] que agora habita em nós [“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? ” – 1Coríntios 6]...

... aliás, o templo de Jerusalém já na existe mais, foi destruído por mais de uma vez, reconstruído e agora não mais!!

Mateus 23.23

O contexto de Mateus 23.23, como explanado no início deste texto, está no advento da Antiga Aliança de Deus com Israel, porquanto, Cristo estava criticando aos fariseus que dizimavam (e não era em dinheiro), porém, esqueciam do mais importante da lei;

Sendo bíblico que as igrejas evangélicas não são casa de Deus!! Jamais serão!! Nunca!!! São somente locais comuns como nossas próprias casas.

A Bíblia diz sobre nossas ofertas em 2Coríntios 9

Sem dúvida, a Bíblia nos diz para contribuir segundo o que queremos, do nosso coração!! Mas, não é em forma de dízimos (os dízimos eram 10% e não qualquer valor como diz 2Coríntios)...

Mas, este contribuir, é no sentido de ajudar ao próximo, é de usar nossas dádivas, que Deus nos tem agraciado, para ajudar a quem precisa, quem necessita, a quem passa fome...

... meditem em Mateus 25.31-46, nesta passagem maravilhosa Jesus discorre daqueles que chegarão diante do trono de Deus, os que fizeram caridade (dar de comer, de beber, vestir, visitar presos, doentes) ao próximo como benditos, e os que não, como malditos; vislumbre que não há menção em dízimos, mas, na ajuda e auxilio...

... e como os templos que chamam de ‘igreja’ não são a casa de Deus, mas lugares comuns que as pessoas se reúnem (porque Deus não habita em templos feitos pelas mãos de homens, Atos 17), não é dever do cristão levar dinheiro para estes, e sim, é dever do cristão amar ao seu próximo, auxiliar aos pobres e necessitados, com alegria, na sinceridade de nossos corações...

... não podemos semear ofertas, dízimos ou doações em forma de dinheiro nas mãos de homens e esperar que Deus abençoe; a Justiça divina nos diz que, semeamos amor, fraternidade, benignidade, e amontoamos braças sobre nossas cabeças, é neste sentido que a Palavra de Deus afirma que " tudo o que o homem semear, isso também ceifará ", semeia-se amor, colhe-se amor; semeia-se ódio ou mau, colhe-se ódio ou mau, e nunca quem semeia "dinheiro" receberá de Deus "dinheiro" (somente o diabo é quem semeia "dinheiro", pois, veio para " roubar, a matar, e a destruir ").


Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.

.
[8846]

Um comentário:

Genivaldo e Aline disse...

Estamos gratos a Deus por agora ter descoberto que não somos os únicos a perceber e conhecer sobre tudo isso que o irmão falou acima.
A paz de Cristo, ass.Genivaldo e Aline