Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu;
mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.
[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome;
e quem crê em MIM nunca terá sede.
[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[037730]

junho 24, 2011

Por que Paulo não fundou a sua própria ‘igreja’ como muitos fazem??!!

.
(Por favor, não clique na 'imagem', isto são as coisas dos charlatões da fé que denunciamos neste blog)

Quando aceitamos a ordenança divina para que tudo quanto seja feito, seja para a honra, a glória e o louvor dAquele que em tudo excede a plenitude da sabedoria, entender-mo-ia então que Paulo não fundou sua própria ‘igreja’ porque Deus não ordenou a nenhum homem a criar ou fundar ‘igrejas’...

Paulo, o apóstolo dos gentios [Romanos 13; 1Timóteo 2; 2Timóteo 1; Gálatas 2], foi chamado pelo Senhor como Seu “vaso escolhido, para levar o Seu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel” [Atos 9]; (nós somos os gentios, aqueles que não são da nação de Israel, a nação escolhida por Deus para trazer testemunho de Seu nome).

E Paulo, findando sua carreira, trazendo-nos as ordenanças de Deus para a igreja gentílica, simplesmente, alugou uma casa, e ali, permaneceu pregando a Palavra e ensinando com toda a liberdade, sem impedimento algum [Atos 28].

Porquanto, a verdadeira Igreja foi edificada em e por Cristo [Mateus 16], portanto, ninguém pode fundar ou criar uma outra; apesar de encontrarmos milhares de ‘lugares’ comuns que os homens chamam de ‘igrejas’.

Não sou contra há alguns lugares que chamam de “igreja”, ou instituições religiosas (existem poucas onde há temor a Deus). Minhas críticas estão quanto a importância que a maioria tem dado a estes lugares; usam-nos como um único refúgio, e isto não é verdade bíblica, pois que, nosso único refúgio é o SENHOR [Salmos 91];

É essencial que os frequentadores de instituições religiosas com nome de igreja entendam que muita coisa (muita mesmo) poderia se transformar para melhor, tão somente se os que se acham ser a liderança (autoridade espiritual), não tomassem a postura de se acharem superiores e os indispensáveis, como que somente eles (ditos pastores evangélicos) fossem o supra sumo do povo de Deus!!! (são tão miseráveis como nós)

É também importante entender que, o simples fato de pessoas frequentarem uma instituição religiosa com nome de igreja (ou igrejas evangélicas) não faz a veracidade de serem estas pessoas melhores diante de Deus que os outros que não frequentam instituições religiosas, como eu, um desigrejado de instituições que chamam de ‘igreja’.

Povo de Deus, nós, os que professam o nome do Cordeiro sobre a face da terra, possuímos (ou somos possuídos) por somente um único Pastor, o Filho de Deus; jamais precisaremos de um “pastor” de carne e osso; Deus levantou e levanta homens com o “dom ministerial de pastorear” [Efésios 4] o rebanho do SENHOR, qual seja, biblicamente falando não há nenhum homem, por mais justo e reto diante de Deus que seja, capaz de nos dar cobertura espiritual conforme Cristo, os pastores evangélicos nada mais são que homens comuns como nós, sujeitos a erros e falhas, portanto, não podem ser qualificados como muitos assim se apresentam ou os que os admiram...

homens piedosos que cuidam com amor do rebanho do SENHOR?? Afirmo que sim, claro, de outra sorte a Palavra de Deus seria em vão; mas, a maioria que se apresenta como “pastor” não tem chamado divino, muitos tem é curso de teologia e alguns “carteirinhas eclesiásticas”, se apoderam do título de “autoridade espiritual” (parece piada);

Devemos respeitá-los?? Nem toda a maioria, e muito menos pela forma como a maioria exigem, eles querem merecimento (ouvi isto de uma mulher que se apresenta como “bispa”, rsrsrsrsrs); devemos como crentes respeitar a todas as pessoas, indistintamente, somos todos iguais, e os que se apresentam como superiores, eles devem se apresentar é como “servos” ["Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve” - Lucas 22].

Quando um indivíduo assume uma “instituição religiosa com nome de igreja” nada o faz ter o direito de dizer que tem um chamado divino, mesmo porque, a maioria absoluta das “instituições religiosas com nome de igreja” são criadas a bel prazer, são divisões de alguns que não aceitam a posição de outrem, outras são criadas por pessoas que não aceitam a submissão porque querem ser por elas as ordens eclesiásticas, enfim, é uma briga, uma prepotência, a soberba, a ganância, e tudo isto não é de Deus, é simplesmente, coisas de homens (e mulheres).

Façamos então, nossas palavras, as de Deus, quando afirma, em soberania que, Cristo é a cabeça do corpo (da Igreja) e o Espírito Santo o Líder, e não um homem (ou mulher) que se possam apoderar de um título de sacerdócio ou hierarquia dada por outro homem (ou mulher) para se fazerem passar por tais;

A sede da Igreja de Cristo está nos céus, onde não há tradições, sofisma, dogmas, e não é uma instituição religiosa com nome de igreja, mas, sim, orgânica, viva, santa, imaculada, não tem paredes e não é um prédio, são simplesmente pessoas que professam (vivem um testemunho fiel) o nome do Cordeiro de Deus.

Pensem nisto:

- Deus é Deus, e nós, homens, pastores, padres, religiosos, ou não, somos todos iguais perante Deus, alguns podem ser de renome ou mais famosos, mas, diante a Tribunal de Cristo [Romanos 14; 2Coríntios 5] somos todos iguais;

- A única diferença que há entre os que se apresentam como “pastores” é que eles possuem uma responsabilidade diante de Deus maior que os demais, ou seja, eles serão mais cobrados por Deus [“Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá” - Lucas 12].

Em nome de Deus, digo, Silas Malafaia, ou Edir Macedo, ou Renê Terra, ou Jabes Alencar, ou RR, ou José Wellington, ou Samuel Câmara, ou Daniel Berg, ou Gunnar Vingren, ou qualquer Hernandes, ou qualquer Valadão, e todos os outros evangélicos de renome, são tão iguais quanto um evangélico possa imaginar!!!! Somos todos iguais perante o Deus Todo Poderoso... “Para que nenhuma carne se glorie perante Ele” [1Coríntios 1].

Afirmo em Deus que, não sou evangélico, sou crente em Cristo Jesus conforme a Bíblia nos requer [João 20; 1Coríntios 1; Gálatas 3].


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

.

junho 22, 2011

O dia do SENHOR vem...

.
Tocai a trombeta em Sião, e clamai em alta voz no meu santo monte; tremam todos os moradores da terra, porque o dia do SENHOR vem, já está perto; dia de trevas e de escuridão; dia de nuvens e densas trevas, como a alva espalhada sobre os montes; povo grande e poderoso, qual nunca houve desde o tempo antigo, nem depois dele haverá pelos anos adiante, de geração em geração.

Diante dele um fogo consome, e atrás dele uma chama abrasa; a terra diante dele é como o jardim do Éden, mas atrás dele um desolado deserto; sim, nada lhe escapará. A sua aparência é como a de cavalos; e como cavaleiros assim correm. Como o estrondo de carros, irão saltando sobre os cumes dos montes, como o ruído da chama de fogo que consome a pragana, como um povo poderoso, posto em ordem para o combate.

Diante dele temerão os povos; todos os rostos se tornarão enegrecidos.

Como valentes correrão, como homens de guerra subirão os muros; e marchará cada um no seu caminho e não se desviará da sua fileira.

Ninguém apertará a seu irmão; marchará cada um pelo seu caminho; sobre a mesma espada se arremessarão, e não serão feridos. Irão pela cidade, correrão pelos muros, subirão às casas, entrarão pelas janelas como o ladrão.

Diante dele tremerá a terra, abalar-se-ão os céus; o sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor.

E o SENHOR levantará a Sua voz diante do Seu exército; porque muitíssimo grande é o Seu arraial; porque poderoso é, executando a Sua palavra; porque o dia do SENHOR é grande e mui terrível, e quem o poderá suportar?

Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.

Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de alimentos e libação para o SENHOR vosso Deus?

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembléia solene. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento.

Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

Então o SENHOR se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do Seu povo.

E o SENHOR, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o mosto, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios. Mas removerei para longe de vós o exército do norte, e lançá-lo-ei em uma terra seca e deserta; a sua frente para o mar oriental, e a sua retaguarda para o mar ocidental; e subirá o seu mau cheiro, e subirá a sua podridão; porque fez grandes coisas.

Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o SENHOR fez grandes coisas.
Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força.

E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia.

E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós.

E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado.

E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado.

E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito. E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR.

E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

junho 15, 2011

A simplicidade de nos reunir nos lares

.
Através do entendimento bíblico, somos ensinados sobre o quanto é importante deixar de lado a grande maioria das instituições religiosas com nome de igrejas e seus pastores ou o sistema religioso [Mateus 23], e continuar firmes e perseverantes no propósito em adorar a Deus em espírito e em verdade [Mateus 18.20; João 4.21-24]!!

Outrossim, é importante aplicar em nossos lares as prerrogativas que Deus nos incumbiu, somos “sacerdotes” em nossa família, todos, tal qual nos afirma 1Pedro 2.5-10...

O que queremos dizer com isto? Que os irmãos na simplicidade do evangelho, reúnam suas famílias e realizem cultos de adoração no próprio lar, convidando outros irmãos, como quando Paulo diz: “à igreja que está em sua casa” [Colossenses 4.15; 1Coríntios 16.19; Romanos 16.5; Filemom 1.2];

Nestes cultos, abominem as liturgias evangélicas e católicas (ou as ordens que eles fazem naquilo que eles chamam de “culto” ou missa, pois, é coisa repetitiva, mesmice)...

Orem juntos, exponham a Palavra de Deus, dêem oportunidades a todos presentes de falaram do Amor de Deus, lerem uma passagem bíblica, entoarem louvores a Deus, ou, como nos diz Efésios 5.19, “Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração”.

Assim, de fé em fé, Deus dará crescimento, e com a ação do Espírito Santo, os olhos poderão ser abertos e todas as famílias virem a contemplar a beleza da santidade do Senhor e se desvincularem das amarras do sistema religioso... e tudo sem força, sem contendas... é uma maneira propícia de reunir todos da família (sabemos que muitos jovens são relutantes a irem a uma denominação [ou templo], com certa razão, diga-se de passagem);

Iniciem os cultos e passem a convidar todos os conhecidos para adorarem a Deus! Aliás, Jesus nos ensinou que, a simplicidade, a verdade, são melhores que sacrifícios, e a maioria que vai aos templos religiosos, diz a Bíblia, fazem sacrifício de tolo [Colossenses 2.8]!!


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

junho 13, 2011

Há cerceamento de direito de expressão pela rede social ‘Cristo é a Verdade’

.
Aqueles que, constrangidos pelo evangelho de Cristo, se prezam pela Verdade, certamente irão atentar as prerrogativas de nossas autoridades [Romanos 13.1-7, 1Pedro 2.11-17], ou seja, não podemos nos esquivar de cumprir as leis quando não extrapolem a Palavra de Deus, porém, sejamos então, cumpridores daquilo que Deus nos requer em nos incumbir aos magistrados e autoridades governamentais;

E neste pormenor, estou sendo cerceado de meus direitos pelo administrador da rede social, Cristo é a Verdade, pois, nas discussões em torno de “nomes”, que meia dúzia nesta última década quer introduzir no meio cristão, fazendo assim que, muitas coisas pertinentes de importância quanto a divulgação do evangelho de Cristo, sejam colocadas de lado; criando, portanto, divisões, dissensões, contendas;

E, quando meditamos na Palavra de Deus, não encontramos nenhum relato bíblico que assim se refira a certo ou específico nome; aliás, quase todos os “originais” das Sagradas Escrituras foram queimados ou destruídos, então, onde estes legalistas de “nomes” se baseiam??

Voltando a rede social, Cristo é a Verdade(??), sou membro filiado, porém, seu administrador simplesmente a mim cerceou o direito de adicionar qualquer comentário, que sejam ou não contrários a estes divulgadores de doutrinas alheias a Palavra de Deus;

Ora, durante dois mil anos, sempre nos expressamos ao nosso Criador, e agora aparece meia dúzia de suposto entendedores que querem manipular tudo e todos, dizendo-se, os conhecedores!!!

Então, esta minha apóstrofe, interpelação direta e imprevista, visa tão somente, alertar aos que, de alguma forma, nos acompanham na divulgação da Verdade que liberta, na divulgação das coisas que fazem pessoas se libertarem das presas de intelectuais religiosos, na retaliação a alguns que querem se fazer mais importantes que a própria Palavra de Deus...

Porquanto, faço uma MOÇÃO DE PROTESTO, utilizando-me dos meios que me permitem a liberdade pela qual Cristo nos comprou na cruz do Calvário (na rede social ‘Cristo é a Verdade’ sou censurado a expor minhas mensagens, porque o administrador quer expor as mensagens de uns e a mim calar)!!

Faço-vos lembrar do fórum constituinte:

Em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercito-me das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.

Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:

é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e

"é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).

Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença".

Fonte: Constituição do Brasil


SEJAMOS, POIS, CUMPRIDORES DAS LEIS GOVERNAMENTAIS PARA DAR UM BOM TESTEMUNHO DE CRISTO!!!



Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


.

junho 11, 2011

DIA DO PASTOR

.



PALAVRAS DIVINAS (através de Pedro), e não do James, um desigrejado, que dizem generalizar com alguns que gostam de serem "pastores":





"Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar:

Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto;

Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.

E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória
".



Aliás, é bom lembrar aos "pastores" desavisados com seus títulos "teológicos" que estas são palavras e advertências de Deus (através de Paulo) aos que a si próprios se dizem "pastores":



"E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria.
Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado.
E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.

A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;


Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.


Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam;


Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória;


A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.


Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.


Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.


Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.


Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.


As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.


Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.


Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.


Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo
" [1Coríntios 2].



Portanto, quer queiram ou não, ser "pastor" depende de Deus e não a nós, homens e teologia, ainda que alguns, a grande maioria, seja manipulada a ser um dos tais "pastores"!!!!!




Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.




James.


Jesus, o maior Amor
Blog "Adoradores em Casas"
Orkut "Adoradores em Casas"

Facebook "Adoradores em Casas"

Twitter “Adoradores em Casas”



...


..


.


.


...


..


.

junho 09, 2011

A história da “igreja”, como edifício de pedras

.
Antes de iniciarmos este estudo, é importante lembrar que, Jesus muitas vezes (sempre) incomodou os religiosos em o tempo de Seu ministério terreno; Sua própria presença, causava estranheza e repulsa; deste os primórdios da humanidade foi assim, o bem causa desconforto para o mal;

Homens retos, humildes, são objeto de oposição;

E, sem dúvida alguma, aqueles que professam em verdade as coisas de Deus, sofrem repulsa e são constantemente censurados, pois que, mostram que somente Cristo é o Caminho, que não há nenhum homem neste mundo que mereça destaque.

Quanto as “igrejas”...

No tempo dos Apóstolos, precisamente o livro de Atos, e até próximo o fim do século 2, não havia templos, ou denominações...

Nenhum dos apóstolos de Cristo, fundou ou criou a “sua” igreja!!

Mas, em 311, passou-se então a existir os “templos”, agora, chamados de “igrejas”, vindo depois após a publicação do Édito de Milão em 313, as edificações a serem patrocinadas pelo Império Romano.

[Édito de Milão, março de 313.
"Nós, Constantino e Licínio, Imperadores, encontrando-nos em Milão para conferenciar a respeito do bem e da segurança do império, decidimos que, entre tantas coisas benéficas à comunidade, o culto divino deve ser a nossa primeira e principal preocupação. Pareceu-nos justo que todos, os cristãos inclusive, gozem da liberdade de seguir o culto e a religião de sua preferência. Assim qualquer divindade que no céu mora ser-nos-á propícia a nós e a todos nossos súditos. Decretamos, portanto, que não, obstante a existência de anteriores instruções relativas aos cristãos, os que optarem pela religião de Cristo sejam autorizados a abraçá-las sem estorvo ou empecilho, e que ninguém absolutamente os impeça ou moleste...]

Um dos primeiros templos (igrejas) da religião do Cristianismo foi construído entre 315-316, onde Eusébio de Cesaréia discursou na inauguração de uma igreja na cidade de Tiro;

Constantino, através de sua mãe, Helena, decidiu construir em Jerusalém, a “igreja” do Santo Sepulcro.

Em 326, foi Basílica da Natividade, em Jerusalém; em Roma, a Antiga Basílica de São Pedro; a ainda, Constantino e Helena comandaram a edificação de uma basílica, destruída em 614 pelos persas;

Foi construída, também, uma "igreja", no Monte Tabor, onde os religiosos do cristianismo de Constantino, afirmaram ter sido lá o local da “transfiguração” e muitas outras construções chamadas “igrejas” por todo o Império romano.

Podemos dizer, com certeza, que o protestantismo (hoje, a grande maioria evangélica) foi um protestante que imitou sua origem, o Cristianismo Católico Romano.

Portanto, este é o conceito comum de "igreja", ou seja, remete-se, erroneamente, a visualizar uma edificação construída, onde é certo, pelo menos, abrigar da chuva; e contestando esta figura, a Palavra de Deus (Bíblia) se refere a "Igreja" como as pessoas que professam o nome do Cordeiro de Deus sobre a face da terra (os crentes).


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

junho 04, 2011

PASTORES, evangélicos, SÃO EXCÊNTRICOS!!!

.
Entendam se quiser, não me importa se aceitem ou não, mas, muita coisa poderia ser mudada se, e somente se, os tais, bam bans religiosos, ou, as lideranças das denominações (igrejas evangélicas, blá, blá, blá) não ficassem se expondo como os superiores e os que são indispensáveis em todo momento, aliás, a Bíblia condena estes pastores famosos que querem ser especiais, se acham melhores que os outros, os mesmos pastores que se apresentam como os senhores da verdade, os tais “ungidos” (rsrsrs); os mesmos que os evangélicos admiram, e condenados por Deus [“Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus” – 1Coríntios 2]

Quem é “crente” é que deve buscar os dons (não somente os que se dizem ser “líder”), nos é agraciado em Efésios 4.11, pois, nesse contexto também deve ser considerados que "até que todos cheguemos a unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito...". É divino!!!

Todos devemos ser no nível de um pastor, evangelista, mestre e doutor - buscarmos isso a todo tempo!

Isto não é cargo!!!

Precisamos (é divino) de uma comunhão com Deus, de serviço em missões (esqueçam as viagens, visitem a dona Olivia e esqueça a Bolívia), tudo em prol da obra do Reino de Deus!

Nem todos serão aptos, entretanto... o este texto bíblico [Efésios 4.11 em diante] quer nos ensinar mais do que comumente ouvimos dizer nas chamadas “igrejas”, não dá para segurar esta falsidade!!

Deus não se limita entre paredes, onde poucos trabalham e a maioria fica apenas acompanhando nos bancos com as mãos nos bolsos, patrocinando (em verdade, sinceramente, quem assim vive, é um hipócrita, egoísta, simplório da banalidade!!!);

Por fim, tudo o que estou expondo aqui, irão dizer que sou mentiroso, que sou magoado, que sou desviado, que sou um monte de idiotices que os pastores professam contras os “desigrejados” como eu, mas, com a minha boca tenho confessado ao Senhor Jesus, Filho de Deus, o Criador do céus e da terra, que morreu por nós na cruz do Calvário, e, em meu coração creio que Deus O ressuscitou dentre os mortos, visto que, com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação...


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

.

Manifestação contra PL122, Brasília, omitida pela maioria da imprensa!!!