Adoradores...

outubro 25, 2012

A supremacia religiosa nas ‘igrejas’

[19297]

Em Seu amor, por Seu poder, Deus tem agraciado a humanidade; desde os primórdios tem derramado atributos e dons que fortalecem aos homens na caminhada a santificação, no amor ao próximo, na ajuda aos pobres e necessitados;

E, contrária ao amor divino, a religiosidade disfarçada nas religiões tem seu próprio “poder”, faz negócio, comércio, amedronta, ameaça, afasta o ser humano de Deus, faz divisão, reprime a todos os tornando falsos, por ela muitos se autodenominam exclusivos de Deus, se “ungem” para militar em causa própria, fundam e criam suas instituições religiosas apelidadas de “igrejas” (igreja instituição) alimentando seus “egos”, através de dogmas e sofisma buscam as pessoas para que acreditem em suas teorias do achismo; e porque??

Por que as religiões são para os que necessitam e buscam alguém que lhes proporcione imposições, ditam regras do que devem fazer, necessitam ser guiados por homens de títulos eclesiásticos (pastor, padre, bispo, missionário, após“tolo”, reverendo...), pois, querem um cristianismo de facilidades que não reconhece o sofrimento vicário de Cristo, e buscam a um “deus” para satisfazer a avareza, seus desejos imoderados e inconfessáveis de possuir as coisas materiais.

Religiosidade
1 Atitude do que é religioso;
2 Inquietação do espírito que hesita em obrar receando que o ato não seja lícito;
3 Hesitação;
4 Nojo; asco; repugnância;

Através desta necessidade de milhares em ser controlados por homens de títulos eclesiásticos, estes religiosos se especializaram na persuasão e enriquecimento com a fé alheia, entretanto, Deus já os tem repreendido por usurparem de outrem [Jeremias 22.13-17].

Milhares de milhares por não suportarem a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoam para si religiosos conforme as suas próprias concupiscências; querem ouvir pregações e sermões destes religiosos (pregadores das igrejolas evangélicas, católica), que se prendem ao desdém dos ridículos e exagerados programas evangélicos na tv, que marcham atrás de uma patética cobertura espiritual de outros homens de títulos eclesiásticos também pecadores;

Embora, estes milhares de milhares creem em homens pregadores eloquentes, é imprescindível que precisam em verdade é se renderem a pregação que Jesus Cristo nos proporcionou através de uma fala com vida, em ações práticas pelo linguajar do povo;

Os homens de títulos eclesiásticos são pregadores que pregam, falam o que a maioria quer ouvir, por que não possuem compromisso com Deus pelo evangelho.

Voltemos a simplicidade do evangelho que traz uma pregação que efetua o que promete ou o que se espera; que causa o resultado inicialmente pretendido que é levar as pessoas a Deus por Jesus Cristo;

É necessário buscar a Cristo como modelo a ser seguido; mesmo por que, a maioria dos homens de títulos eclesiásticos são desprovidos de quaisquer vivência divina para buscar a transformação real e verdadeira que Cristo nos proporcionou ao morrer na cruz do Calvário em nosso lugar.


Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Deus eternamente;
Nos interesses da Igreja que Cristo edificou. Amém.

.

2 comentários:

Anônimo disse...

Nas Igrejas Só Tem Barganhas Pra Garantir Vitórias Em Tudo Ao Invés De Se Humilharem.

Lucas 14:11: Quem Se Exaltar Será Humilhado e Quem Se Humilhar Será Exaltado.

Anônimo disse...

Os Evangélicos Só Querem Facilidades Ao Invés De Serem Humildes. Lucas 14:33:33 Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.


Efésios 4: E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
E vos renoveis no espírito da vossa mente;
E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
Efésios 4:17-24.

Mateus 5: Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.
Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.
Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.
Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério.
Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio.
Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.
Mateus 5:20-32