Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 28.mar.2017, Atos 22

E ele disse: O DEUS de nossos pais de antemão te designou para que conheças a Sua vontade, e vejas aquELE Justo, e ouças a voz da Sua boca.
[Atos 26.16; 1Coríntios 9.1; 15.8]
Porque hás-de ser Sua testemunha para com todos os homens do que tens visto e ouvido.
[Atos 1.8; 23.11; 4.20; Lucas 24.47-48; João 15.27]
E agora porque te deténs? Levanta-te, e baptiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do SENHOR.
[Atos 2.21,38; Hebreus 10.22; 1Coríntios 6.11]

[036550]

novembro 29, 2012

Dízimos e ofertas, quem entrega em “igrejas” é menino na fé

[20120]

É de dar nojo o que tem feito os evangélicos com dízimos e ofertas; um ensino e exigência disfarçados em ser de coração que não tem respaldo bíblico.

Dízimos são bíblicos; Abraão entregou dízimo de despojo de guerra a Melquisedeque que cuja genealogia não é contada entre eles [Hebreus 7]. Cristo não se glorificou a Si mesmo, para se fazer Sumo sacerdote, mas, é Sumo sacerdote segundo a ordem deste Melquisedeque [Hebreus 5].

Porém, qual pastor, bispo, missionário ou apóstolo do século XXI, são figuras de Cristo e possuem o mesmo atributo de Melquisedeque para receber dízimos ou ofertas??
Nenhum!!

Os ministros do evangelho segundo Efésios [4.11] (pastores, bispos, missionários) recebem “autoridade” de Deus para levarem as pessoas a Cristo e velar por elas [Hebreus 13], mas, não há testemunho bíblico de que devem receber dízimos e ofertas para compras de terrenos, construção de templos, carros e aviões, pagamento de funcionários, papel higiênico, material de escritório, sustento de família...

Os irmãos da Igreja [Ekklēsia] que nos testifica a Palavra de Deus [contida na Bíblia], vendiam suas propriedades e dividiam entre os menos favorecidos [Atos 4], entretanto, os lugares apelidados de “igrejas” (igrejas ou comunidades evangélicas) retiram dos pobres seus dízimos e ofertas para a manutenção de prédios, compra de propriedades, e mais uma infinidade de aquisições que Deus não ordenou. Pobres e miseráveis pessoas que são dizimistas em lugares apelidados de “igrejas”.

São fortunas em dízimos e ofertas gastas em “obras” que de Deus nada possuem;

Os ministros evangélicos (pastores, bispos, missionários, reverendos ou apóstolos do século XXI) enganam o povão dizendo que os lugares apelidados de ou instituições religiosas com placas de “igrejas” (igreja instituição, física) são “obra” de Deus, nada mais maligno e fraudulento;

Sejamos, pois, desobedientes a "deus", não ao Deus de Abraão, Deus de Isaque, Deus de Jacó, mas, ao "deus" deste século que cegou o entendimento, não somente dos incrédulos, mas dos que querem ser servidos por Deus pela barganha dizimista...

Deus não ordenou a construção de nenhum lugar e dar-lhe o nome de “igreja”, não há testemunho bíblico sobre isto; quem ensina, recolhe dízimos e ofertas para construção ou manutenção de lugares apelidados de “igrejas” é mentiroso, portanto, o diabo é seu pai.

Entendam que a Igreja de Deus não é um prédio.

Cristo e os apóstolos (que viveram com Cristo) não ensinaram que se deve recolher dízimos e ofertas para a construção ou manutenção de lugares apelidados de ou instituições religiosas com placas de “igrejas” (igreja instituição, física);

Deus irá cobrar das mãos dos que ensinam e recolhem estas besteiras de dízimos e ofertas para uma obra que Deus não ordenou, falsos profetas, como irá cobrar daqueles que entregam seus dízimos e ofertas como cúmplices destes falsos profetas, pois, se entregam dízimos e ofertas é por que são coniventes com quem recebe!!

Jesus disse aos crentes que carreguem sua cruz [Lucas 14], os evangélicos e seus lideres, com seus dízimos e ofertas querem viver um vida regalada a prosperidade material.


Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Deus eternamente;
Nos interesses da Igreja que Cristo edificou. Amém.


.

Um comentário:

Antonio Martins disse...

Feliz estou com os comentários e vejo que Deus permeia de sabedoria aqueles que se revoltam contra esse mundo injusto e principalmente contra os falsos líderes.
Te convido a ver o site wwww.apostasia.com.br
Fica na paz