Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 14.abr.2017, Jeremias 18

Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Não poderei EU fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na Minha mão, ó casa de Israel.
[Isaías 64.8; 45.9; Mateus 20.15; Jeremias 18.4; Daniel 4.23]
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
[Jeremias 1.10; 12.14-17; 25.9-14; 45.4; Amós 9.8]
se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também EU ME arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
[Jeremias 26.3,13; Ezequiel 18.21; Juízes 2.18]

[036789]

maio 27, 2010

... ontem, o hoje, e o futuro??

.
Milhares estão sendo enganados!

Milhares pela sua fé, estão sendo roubados!

Muitos dos ditos, ministros do evangelho, apresentam ensinamentos, jargões religiosos, palavras doces de vitórias, para que milhares continuem sem ter entendimento da vontade de Deus!

Muitos estão precisando deixar de ir a templos religiosos e dedicar mais a leitura bíblica, somente ouvir sermões não trazem libertação, milhares estão sendo aprisionados em templos e não conseguem ver resplandecer a luz do evangelho de Cristo!

Os homens religiosos, ministros do evangelho, pregadores famosos, querem que você somente os ouça, e assim, o Espírito Santo não poderá falar em seu coração, pois, você terá comichão nos ouvidos [2Timóteo 4.3]...

Jesus disse que nossas ofertas, dádivas, devem ser para ajudar aos pobres e necessitados e não para enriquecer ministérios e ministros [Mateus 25.31-46]... ninguém está obrigado a entregar dízimo em ministérios (igrejas) depois da Nova Aliança que Jesus cumpriu com Sua morte na cruz do Calvário.... se alguém fosse obrigado e tivesse relevância como na Antiga Aliança (conforme Malaquias 3.10), seria claro, manifesto, óbvio, que Paulo assim teria trago ensinamentos através de suas epístolas, que são doutrinas patentes para as igrejas, mas, em todos os casos se alguém ainda tiver dúvidas, assim disse Paulo sobre as coisas da Antiga Aliança (a mesma que usam para cobrar dízimos e ofertas), em Colossenses 2.14, “Tendo cancelado o escrito de dívida que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na Cruz”...

... e ainda mais, reafirma Paulo, "Na Sua carne (Jesus) desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz" [Efésios 2.15].

Mas, existe um remanescente que vem buscando a Deus e deixando estes templos religiosos de lado, estão deixando de ouvir pregadores famosos, começaram a ler, começaram a conhecer a verdade... e a Verdade liberta [João 8.32-36], como liberta!!

Grandes ministérios (igrejas evangélicas) estão adaptando a mensagem da cruz para parecer agradável, para que se viva em harmonia com a cultura e o espírito desta época... mas, a verdade bíblica é autoritária e serve como corretivo para estes estilos de vida que estão forçando para entrar nas “igrejas evangélicas”, e estes estilos de vida são profanos...

Não temos que esperar que o mundo goste do que falamos, devemos preferir a morte que negar a Verdade... mas, muitos ministérios (igrejas evangélicas) estão procurando fazer coisas que agradem a todos os gostos, e neste sentido se aproveitarem o máximo possível, querem que suas igrejas sejam aprazíveis e não se incomodam com a exatidão da verdade bíblica, conquanto que, seu número de adeptos cresça ainda mais...

Será mesmo que Deus se preocupa é com o número de membros de uma igreja e com as realizações dos chamados milagres e enriquecimento de ministérios e ministros... ou será que para Deus devemos ser santos, apesar de ser um pequeno número?


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

Nenhum comentário: