Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.jun.2017, Hebreus 4

Visto que temos um grande Sumo Sacerdote, JESUS, FILHO de DEUS, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
[Hebreus 6.20; 1.2-3; 8.1; 9.24; 10.12]
Porque não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
[2Coríntios 5.21; João 8.46; Hebreus 7.26; 2.17-18]
Cheguemos pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
[Efésios 3.12; Filipenses 4.6-7; Êxodo 25.17-22; Levítico 16.2; 1Crônicas 28.11]

[037408]

junho 14, 2010

A escolha do Caminho, da Porta, da Vida

.
Há questões que afligem a muitos, como a salvação, e outros muitos, milhares, não estão se preocupando...

Estamos numa situação espiritual em sabemos se caso morrer, iremos de fato para o céu ou ainda buscamos algum tempo a mais nesta Terra para vivermos das riquezas materiais?

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz a perdição, e muitos são os que entram por ela” [Mateus 7].

Muitos centralizam a salvação em si próprio, na qual, crêem que, somente, não matando, não roubando, não adulterando, livrá-los-ão da ira futura... sutil engodo!!

Quem morreu por nossos pecados e sofreu na cruz, foi Jesus Cristo!

Quem nos conduz a salvação, é Jesus Cristo!

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” [João 14].

Infelizmente, o “eu” e as “autoridades espirituais evangélicas” tem deixado muitos, milhares, acomodados quanto as coisas futuras;

Temos presenciado que existem projetos evangélicos que não suportam e não dão testemunho da glória de Deus, que distanciam as almas do real objetivo da pregação das Boas Novas.

Há projetos ambiciosos (ao ponto de vista dos olhos evangélicos), como a abertura, por exemplo, de mil novos templos num prazo de cinco anos...

... ora, ora, ora, o que um pregador e ambicioso de um projeto deste, pode afirmar da gloriosa vinda de nosso Senhor Jesus Cristo para buscar o Seu rebanho?

Por certo, que pregações e intenção de fazer objetivos como este, “intencionam” que o Senhor Jesus deverá aguardar a realização de projetos humanos e não conforme a vontade de Deus Pai! Delírio do ser homem!!

Precisa-se com urgência descobrir de que (ou quem) eles dependem para a salvação, se assim a desejam? É crucial que a salvação é bem determinada, quando se descobre em que e quem as pessoas estão dependendo para ir aos céus, e não como estão vivendo...

Há salvação por contribuir para a manutenção de instituições religiosas com nome de igreja? Não!

Há salvação por contribuir para manutenção de ministros religiosos? Não!

Há salvação por manter obras televisivas? Não!

Ser dizimista fiel e ofertante em templos com nome de igreja traz salvação? Não!

Façamos um parâmetro em os gálatas e os coríntios, pois que, os gálatas eram bondosos e estavam confiando em suas próprias obras, por isso, Paulo se pergunta se eles estavam salvos, e os coríntios nutrindo em toda a sorte de pecados, e ainda assim, Paulo nunca duvidou da salvação deles, porque, os coríntios tinham fé em Cristo Jesus;

De outra sorte, há milhares de milhares que, por uma pregação simples e vaga as leva a crer que somente dando o coração a Jesus será uma ação de que as salva... mas, a salvação está no sangue que Jesus derramou na cruz do Calvário e é confiar nesta ação sacrificial que nos traz salvação!

Não se pode esquecer os que, por apelo de um pastor qualquer e porque foram a frente de uma igreja (instituição religiosa com nome de igreja), já estão salvas... não estão!

Deus sonda corações, os que buscam o arrependimento, a salvação de almas está muita das vezes distante de nossos métodos desastrosos... focalizemos no que Jesus fez, de forma que as pessoas entendam que não se trata de nós mesmo, mas, simplesmente, de Jesus!

Sendo pobres, nus, desgraçados, estendemos nossas mãos para receber um presente de Deus, um presente mais precioso do que jamais qualquer homem poderia imaginar; somos transformados em amigos de Deus, quando recebemos o dom da vida eterna, somos adotados como filhos da Família de Deus... focalizemos nossa fé, somente em Cristo Jesus.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

Um comentário:

Tel Foramilio disse...

Amém, irmão!

Obrigada por visitar o meu humilde blog.
Que Deus o abençoe poderosamente!!


Graça e Paz
=D