Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 10.jul.2017, Mateus 5

EU, porém vos digo: Amai a vossos inimigos, bem-dizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; [Lucas 23.34; 6.27-28; Atos 7.60; Romanos 12.14; 1Pedro 3.9; Salmos 7.4]
Para que sejais filhos do vosso PAI que está nos céus; porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. [Lucas 6.35; Atos 14.17; Mateus 5.9; Jó 25.3; Salmos 145.9]
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? [Lucas 6.32-35; Mateus 6.1; 9.10-11; 11.19; 18.17]
E, se saudares unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? [Mateus 5.20; Lucas 6.32; 10.4-5; 1Pedro 2.20]
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso PAI que está nos céus. [Levítico 19.2; Colossenses 1.28; Gênesis 17.1; Deuteronômio 18.13; Lucas 6.36]

[037478]

agosto 06, 2010

Voltemos ao evangelho de Cristo, pois, muitos evangelhos são encontrados!!

.
As Sagradas Escrituras, na Bíblia, nos dizem que, devemos saber destas coisas, e que todo o "homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar" [Tiago 1], e neste ínterim, "falar" é fácil, simplesmente fácil, porém, difícil mesmo é a arte de exercitar o "ouvir"...

Milhares têm falado, e falam demais! Alguns não se prestam nem a "educação" de esperar o outro "falar" e já estão retrucando, suas réplicas jamais permitem a outrem a última frase! Há uma inquietação na ânsia de se "falar", em demasia e fora de propósito; portanto, o "falar" talvez não seja o problema, mas, o que "falar", e como, quando, e o que "falar", seja o epicentro de muitas e descabidas discussões...

Quando somos batizados em Cristo, abandonam-se as coisas do passado e renasce uma nova criatura, partimos para uma nova vida, por vezes, padecendo pelo nome do SENHOR, mortificados pela crucificação do Cordeiro de Deus, Cristo vive em nós! Aleluia! Assim, já "estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim" [Gálatas 2];

O grande desafio está em fazer cumprir-se, em verdade, esta nova vida com Cristo, tornando-se testemunha e praticante da obra de Jesus; servindo e amando ao próximo; mansos e humildes, tardios no "falar"; todavia, na contra mão dos ensinamentos bíblicos, testemunha-se que o "culto" virou show... "pregador" virou animador de palco... e "adorador" virou cantor!

A salvação nos é dada pela graça; motivação seja o ponto crucial para que toda honra seja dada, por todos os que professam o nome do Cordeiro de Deus, Aquele que a Si se entregou e morreu por nós, e nos salvou! Aleluia! Glória e honra e poder ao "Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo".


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

Um comentário:

disse...

Muito bom seu texto. Vim conhecer seu cantinho e já vou ficando por aqui. Paz seja contigo!