Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 14.abr.2017, Jeremias 18

Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
Não poderei EU fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na Minha mão, ó casa de Israel.
[Isaías 64.8; 45.9; Mateus 20.15; Jeremias 18.4; Daniel 4.23]
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
[Jeremias 1.10; 12.14-17; 25.9-14; 45.4; Amós 9.8]
se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também EU ME arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
[Jeremias 26.3,13; Ezequiel 18.21; Juízes 2.18]

[036789]

julho 05, 2010

Corrupção religiosa

.
Dizem-nos em advertência, as Sagradas Escrituras em Miquéias 3:

Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao SENHOR, dizendo: Não está o SENHOR no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá”.

E, em este tempo presente, presenciamos que o “ministério” (aquilo que os homens religiosos dizem por “chamado”) virou emprego, uma fonte de renda a qual muitos querem que as igrejas (locais com nome religioso) sustentem pastores e suas famílias, um comércio;

Não é necessária uma experiência ou vivência com Deus que justifique este chamado; muitos não têm motivação santa para o “ministério”;

Não há um compromisso com o próximo, com as ovelhas, não há compaixão; a maioria dos pastores não vive pela justiça;

A corrupção contaminou a política e adentra a passos largos nos arraiais evangélicos;

Pastores ensinam em troca de privilégios e recompensa por seus trabalhos prestados a igrejas (locais com nome religioso); se autodenominam liderança, mas, tem suas atitudes forjadas na corrupção da Palavra de Deus; tramam em conjunto o suborno para manutenção de hierarquia;

E, a este nível estão seus subordinados, aqueles que sustentam ministros e ministérios religiosos (não é exagero), frequentadores de igrejas (locais com nome religioso) sustentam mercenários, ministros evangélicos condenados por suas atitudes levianas; homens e mulheres hipócritas que não respeitam a fé alheia, que se submetem a posturas indecorosas e fraudulentas, e mesmo assim, são idolatrados por este contingente de incautos e inconstantes...

Nosso tempo presente se firma por uma corrupção generalizada no meio religioso, usurpam da Palavra divina, querem barganhar com Deus, se colocam no lugar de Deus, assentam como Deus, falam como Deus, mas, (como diz em Isaías) estes pastores, bispos, apóstolos, homens e mulheres com título de lideranças evangélicas, de nosso tempo presente, “são rebeldes, e companheiros de ladrões; cada um deles ama as peitas, e anda atrás das recompensas; não fazem justiça ao órfão, e não chega perante eles a causa da viúva”!

Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
.

2 comentários:

aservicodoreino disse...

Discordo em parte do texto, por reconhecer verdadeiros pastores em muitas denominações, e não em todas, muitas são atacadas, mas mantêm-se integras, outras não tem mais por onde sair corrupção.
Ótimo texto, e apresenta uma dura realidade, de mercadores da fé, cumprindo-se mais uma vez as palavras do Ap. Paulo.
Parabéns por estarem se preparando, pois acredito como muitos, que em breve essa instituição como conhecemos talvez seja extinta, e só nos restará reuniões em casas.

Graça e Paz!

James disse...

.


Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados.


Irmão aservicodoreino,


Também discordo em parte de seu comentário, pois, este humilde texto não generaliza, mas, mostra a realidade que vivemos em nosso tempo presente, predita pela Palavra de Deus [2Timóteo 3], e que em verdade, sabemos que existem sim, “homens” que realmente trabalham para engrandecer o Reino de Deus, “homens” que em verdade dão a vida pelas ovelhas, que as amam, e não se preocupam com o título de “pastor”... porque as Sagradas Escrituras nos dizem que Deus deu “dons ministeriais” aos homens [Efésios 4.11] e não títulos!

Outrossim, roguemos a Deus para que em algum dia estas “instituições religiosas” com nome de “igrejas” venham a falir e fechar suas portas, e ao povo que se diz de Deus, realmente adorarem ao Senhor em espírito e em verdade, aliás, esta é a razão desta modesta Comunidade virtual.

Deus o abençoe e aos seus ricamente.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.


irmão James.
Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Blog "Adoradores em Casas"
Comunidade Orkut "Adoradores em Casas"


...
..
.