Adoradores...

Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.jun.2017, Hebreus 4

Visto que temos um grande Sumo Sacerdote, JESUS, FILHO de DEUS, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
[Hebreus 6.20; 1.2-3; 8.1; 9.24; 10.12]
Porque não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
[2Coríntios 5.21; João 8.46; Hebreus 7.26; 2.17-18]
Cheguemos pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
[Efésios 3.12; Filipenses 4.6-7; Êxodo 25.17-22; Levítico 16.2; 1Crônicas 28.11]

[037408]

abril 20, 2011

Sejamos, pois, a Igreja de Cristo, e não daquilo que chamam de igreja

.
Diz-nos a Palavra de Deus, que somos o corpo de Cristo; não necessariamente porque pertence ou frequenta uma denominação evangélica...

Aliás, sem dúvida alguma, temos referência do que seja pertencer ao corpo de Cristo, a Igreja santa, pura, imaculada, pois, assim disse o Messias acerca de Seu corpo: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai Ele vo-lo conceda” [João 15].

Nós somos ramos enxertados a Videira, e não a raiz de concreto!!

Mas, surgiram os piratas religiosos e formaram suas instituições, forjaram que certo lugar, que chamam de “altar”, ser uma coisa sagrada, e neste êxtase do sagrado, tudo vira “santo”, o púlpito, o prédio; o que na verdade, de nada tem valor para Deus; o homem é que deve ser santo para Deus, nada mais!!

Mas, uma meia dúzia de patéticos religiosos transferiu do Criador não para a criatura, mas, para o inútil, o inanimado...

... para isto, Paulo, o apóstolo dos gentios (eu, você, e não Israel), disse claramente o que vem acontecendo em nosso tempo atual, "não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.
Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?
"...

... o reflexo bem propício para os frequentadores de "igrejas templos", pois que, dizem, "eu sou da Batista", outro, "eu sou da Assembléia de Deus", outro ainda, "eu sou da Renascer", e blá, blá, blá, e isto sem dúvida alguma [ainda que muitos dirão ao contrário] é fazendo-se distinção entre as instituições que frequentam, porque cada qual quer mostrar que a "sua igreja" é melhor que a outra!!

Em suas apoteóticas reuniões, os religiosos (em especial, da maioria das denominações evangélicas), levantam ofertas, as primícias, para pagamento de salário daquele que seguem, o pastor (e de sua prole), além da luz, água, telefone, internet, e mais uma infindável lista de supérfluos, todos, e para isto, é o que chamam de “igreja”; porém, em suas reuniões, os apóstolos de Cristo (os que são relatados em o Novo Testamento) buscavam ofertas para a ajuda aos menos favorecidos, aos pobres.

Nós, porém, que não frequentamos templos, vislumbramos no evangelho o anúncio da salvação na pessoa de Jesus Cristo e que ele testemunha que a Igreja de Cristo não é de propriedade dos homens, não é uma igreja templo de tijolo;

A Igreja de Cristo transmite e testemunha a mensagem de salvação do evangelho, sem compromisso com estruturas, tradições, dogmas, denominações, porque tem um Sumo Sacerdote, Jesus Cristo, que se compadece dos que O temem [Salmos 103.13].

Alguns, num erro grotesco, citam que Hebreus 10.25 referir-se-á as instituições religiosas (ou congregações evangélicas), porém, os que professam o nome do Cordeiro sobre a face da terra e não o nome de homens e de placas religiosas, dizem que Hebreus 10.25 associar-se-á para entendimento do que realmente é a razão de ser a congregação a Hebreus 12.23, ou melhor...

... dizendo para não “deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia”, sabendo que a “congregação” não é um templo de tijolos, ou igreja evangélica, mas, a Verdade que liberta nos ensina que, a congregação a que se refere o autor de Hebreus é a “universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados”.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

.

Um comentário:

O peregrino cristão. disse...

Quanto ao termo bíblico congregar, comecemos assim: Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos? (1 Coríntios 14:23); De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra; (Efésios 1:10); Assim diz o Senhor DEUS: Quando eu congregar a casa de Israel dentre os povos entre os quais estão espalhados, e eu me santificar entre eles, perante os olhos dos gentios, então habitarão na sua terra que dei a meu servo, a Jacó. (Ezequiel 28:25); E não somente pela nação, mas também para reunir em um corpo os filhos de Deus que andavam dispersos. (João 11:52); Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. (Hebreus 10:25). Consegue perceber o significado do congregar nessas passagens bíblicas? Todas no sentido de reunir, juntar, fazer parte, concordar. Pois bem, primeiramente vamos pensar assim: Sabemos onde se encontra a Igreja de Deus? (Aqui cabe um adendo: Igreja, com I maiúsculo, significa exatamente o que a Bíblia sempre disse, corpo de Cristo, conjunto de todos os que crêem no Senhor Jesus Cristo e o aceitou como Seu Salvador. Já “igreja” com i minúsculo, é exatamente esse termo inventado e usado por líderes humanos para definir o Local onde se reúnem os crentes que fazem parte daquele grupo individualizado. Detalhe, esse grupo não concorda com os outros grupos, veja só a divisão, cadê o amor, Deus não é um só? Será que Deus Quis assim? Ou os homens assim quiseram?).