Adoradores...

abril 27, 2011

Cultos nos lares, a igreja que está em sua casa, a expressão liberta da liturgia religiosa

.
A liturgia, ordem das cerimônias de que se compõe o serviço nas entidades religiosas, como se encontra determinado no ritual eclesiástico, servem de uma postura repetitiva a cada dia...

... sempre o mesmo orador (ou figura religiosa central, o chamado líder espiritual), somente a ele e através dele que se conduz o cerimonial, tudo gira em torno dele, a começar pelo local de destaque na congregação ou reunião entre os demais membros, fica a um degrau mais alto que os demais, e não é fácil chegar lá (os estatutos elaborados pelo fundador e idealizador da instituição religiosa com nome de igreja prevê certos requisitos que impedem aos membros de almejarem o “posto maior”, majoritário).

Porém, nos lares a figura central torna-se tão somente o Espírito Santo, Ele sim, é o líder da Igreja, permitimo-nos em nossas reuniões que todos os presentes tenham a oportunidade da palavra, os cultos de adoração são pelo ensino bíblico, pois, quando nos ajuntamos, cada um de nós tem salmo, tem doutrina, testemunho, enfim, tudo para edificação.

Quando nos reunimos, o fazemos sem a liturgia religiosa de imposições e requisitos eclesiásticos das instituições religiosas e seus dogmas, porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim, somos um só corpo em Cristo, somos membros uns dos outros.

De modo que, tendo diferentes dons, exercemos segundo a graça que nos é dada;

Portanto o Espírito Santo tem sua ação livre e assim, há diversidade de dons, e há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.

Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil; um só e mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

Portanto, sejamos, pois, pertencentes a Igreja de Cristo, e desigrejados das instituições religiosas que erroneamente muitos chamam de igreja firmados pelo sofisma em uma das maiores mentiras das "igrejas" (templos, denominações) de que Deus somente se manifesta nelas e de que somente através dos "pastores" é que há a operação de milagres, assim Jesus desmente estes religiosos dizendo a todos: "Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai" [João 14]...

... vivamos pela liberdade que Cristo nos comprou na cruz e pela possibilidade do Espírito Santo poder se expressar entre nós.


Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

.

Nenhum comentário: